3.8 C
Nova Iorque
quarta-feira, dezembro 8, 2021

Buy now

Jornalistas do Rio visitam personagens da História

Nilo Dante é o organizador do livro Gente do Rio, um olhar de reverência aos grandes protagonistas dos 450 anos que a cidade vai comemorar no ano que vem. Serão verbetes que cobrem todas as áreas, desde Estácio de Sá até Joãosinho Trinta, passando por artistas, políticos, atletas, socialites, todos já falecidos e pela primeira vez reunidos. Como no Samba do crioulo doido, entram Dom João VI e Carmen Miranda (o autor do samba, Sérgio Porto, mais conhecido como Stanislaw Ponte Preta, também é personagem). Com apresentação do acadêmico Cícero Sandroni, planejamento e textos de experientes profissionais da imprensa carioca, os verbetes trazem ainda as assinaturas de Alfredo Herkenhoff, Arnaldo Niskier, Domício Proença Fº, Ely Azeredo, Laura Sandroni, Moacyr Andrade, Nelson Hoineff, Vicente Senna, Walter Fontoura e Wilson Figueiredo. Marcelo Araújo responde pelo design gráfico. A empreitada foi viabilizada pela lei de incentivo da Secretaria de Cultura do Estado do Rio, com patrocínio da Light. É o primeiro volume da série Rio de Janeiro – Retratos da História, a que a editora Mídia In, de Nilo Dante, pretende dar continuidade. Apesar de serem verbetes, e não biografias, os autores já travam uma batalha de direitos autorais, assessorados pelo escritório de advocacia Dain Gandelman. Não puderam embarcar nessa viagem personagens como Noel Rosa, Manuel Bandeira e Garrincha, por falta de acordo com os herdeiros.   Leia mais:    + Tráfico, poder e morte se entrelaçam no segundo romance de Dimmi Amora + LP&M relança clássico de Hélio Silva + A morte, segundo o espiritismo, por Alexandre Caldini

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,052SeguidoresSeguir
18,900InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese