Jornalista pode ser presa por cinco anos na China por veicular notícias sobre a pandemia

Zhang Zhan (Crédito: BBC/YouTube)

A jornalista chinesa Zhang Zhan pode pegar de quatro a cinco anos de prisão por publicar notícias sobre a pandemia de coronavírus no país. Ela foi detida há seis meses, acusada de “provocar distúrbios e criar problemas”, crime que é comumente atribuído a críticos e ativistas políticos na China. Zhang será julgada por um tribunal em Xangai. As informações foram divulgadas em 17/11, pela ONG Chinese Human Rights Defenders (CHRD) no Twitter.

No início do ano, a jornalista informou que cidadãos de Wuhan receberam comida estragada durante o confinamento de 11 semanas e foram obrigados a pagar pelos testes de Covid-19. Além disso, ela veiculou que profissionais de imprensa foram detidos e familiares de vítimas foram ameaçados pelas autoridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *