Cecília Olliveira, do Intercept Brasil, é indicada ao Prêmio RSF para a Liberdade de Imprensa

A Repórteres sem Fronteiras (RSF) anunciou a lista de indicados para o Prêmio RSF para a Liberdade de Imprensa 2020, que valoriza o trabalho de profissionais de imprensa que defendem o jornalismo em geral. Ao todo, sete jornalistas e cinco veículos de Rússia, Brasil, Filipinas, Índia e França foram indicados.

O prêmio tem três categorias: Prêmio Coragem, Prêmio Independência e Prêmio Impacto. Nesta última, foi indicada a brasileira Cecília Olliveira, do Intercept Brasil, por revelar o interesse econômico de organizações internacionais na guerra de facções no Rio de Janeiro. Nomes de países como Estados Unidos, China, Rússia, Bélgica e até a OTAN estavam estampados em cartuchos de munição coletados nas zonas de conflito.

Cecília também faz parte da plataforma Fogo Cruzado, que lista casos de violência armada no Rio de Janeiro e em Recife, e reúne um banco de dados aberto com informações úteis para o desenvolvimento de políticas de segurança pública.

A cerimônia de premiação será em Taiwan, em 8 de dezembro, na Biblioteca Nacional de Taipei, com transmissão ao vivo no Facebook (em chinês) e no YouTube (em inglês).

Confira a lista completa dos indicados ao Prêmio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *