Colunista do UOL e correspondente na Europa há duas décadas, Jamil Chade denunciou em 8/2 ameaças e insultos que vem recebendo em suas redes sociais por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Em uma postagem no Twitter, Jamil mostrou a imagem de dois ataques recentes. Em um, o usuário, que teve sua identidade protegida pelo jornalista, ataca: “Espero te ver em uma geladeira de algum I.M.L. por aí!”.

Já na outra imagem, cortada pela metade, é possível perceber o aumento do tom da ameaça, que agora é física: “Sai na rua aqui malandrão!” [sic]. Vale lembrar que Chade mora atualmente em Genebra.

Jamil já havia denunciado em janeiro deste ano as ameaças que recebe por meio de contas falsas. Segundo ele, esses ataques seriam respostas à matéria que ele havia escrito à época sobre a tentativa do “gabinete do ódio” de comprar tecnologia de espionagem.

“Um dia depois de eu escrever sobre a difusão do ódio como instrumento de poder, passei a ser alvo de ameaças de morte. Em 2022, não estamos apenas votando para presidente. Estamos definindo quem somos”, completou o jornalista em outra postagem.

 

Notícias relacionadas:

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments