Prêmio J&Cia/HSBC de Sustentabilidade anuncia os vencedores

Acabam de ser anunciados os vencedores da 4ª edição do Prêmio Jornalistas&Cia / HSBC de Imprensa e Sustentabilidade. Reunida na última 2ª.feira (28/10), a Comissão de Premiação definiu os vencedores desta edição, que contou com 732 trabalhos inscritos, de 387 jornalistas de todo o Brasil. Foram duas etapas de julgamento que resultaram em 79 finalistas (Comissão de Seleção) e, agora, nos 13 vencedores (Comissão de Premiação). Estes dividirão R$ 107 mil em valores líquidos com o vencedor do Grande Prêmio, a ser anunciado na festa de premiação (marcada para 13/11, no restaurante Capim Santo – al. Ministro Rocha Azevedo, 471, São Paulo). Confira a relação dos vencedores: Mídia Nacional: Melquíades Júnior (Diário do Nordeste – CE), com Viúvas do Veneno – Jornal; Rafael Freire e Rodrigo Caetano (IstoÉ Dinheiro – SP), com Muito além do lucro – Revista; Renata Colombo e Fábio da Silva de Almeida (Gaúcha FM – RS), com Império da Areia: a dragagem que mata o Jacuí – Rádio; Vladimir Netto, Helio Gonçalves, Edivaldo Simão e Rafael Benaque (Jornal Nacional/TV Globo – DF) com a série Manguezais brasileiros – Televisão; Marina Amaral, Ana Lima de Souza Aranha, Carlos Juliano Barros, Fernanda Ligabue, Ana Castro e Marcelo Min (Agência Pública de Reportagem e Jornalismo Investigativo – SP), com Amazônia pública – Webjornalismo; Amaurício Cortez, Gil Dicelli e Pedro Turano (O Povo – CE), com Planeta Seca – Imagem Criação Gráfica; Magnus Nascimento (Tribuna do Norte – RN). com No interior do RN, rebanho não resiste e morre de sede e fome – Imagem Fotografia. Especial Água: Célia Rosemblum, do Valor Econômico, com o trabalho Conta gotas, que teve a participação de André Lachini, Andrea Vialli, Angela Klinke, Eduardo Belo, Martha San Juan França, Patricia Amaral, Paulo Vasconcellos, Rosangela Capozoli, Salete Silva, Silvia Czapski e Sergio Adeodato. Mídia Regional: Norte – Celso Freire e Cira Pinheiro (O Liberal CBN – PA), com Indústria descobre o caroço de açaí; Nordeste – Lucas Malafaia, com Valdemir Soares e Renata Pais (TV Pajuçara – AL), com Mata da Sálvia em perigo; Centro-Oeste – Ana Lúcia Caldas, com Nádia Coelho Faggiani, Thais Cristina Alves Passos e Marcus Vinicius Lima Tavares (Rádio Nacional – DF), com Reciclagem – Do combate ao desperdício à oportunidade de negócio; Sudeste – Flávia Milhorance, com Renato Grandelle e Vinicius Sassine (O Globo – RJ), com O desafio dos parques nacionais; Sul – Henrique Kugler (Ciência Hoje Online – PR), com Em nome do ouro: rastros do mercúrio. Prêmios Especiais – Também foram definidos pelo Conselho Consultivo do Prêmio Jornalistas&Cia/HSBC de Imprensa e Sustentabilidade os vencedores das categorias especiais: o ambientalista e economista Sérgio Besserman Vianna foi escolhido Personalidade do Ano em Sustentabilidade; o jornal O Estado de S. Paulo, Veículo de Comunicação do Ano em Sustentabilidade; e o Portal Mercado Ético, Veículo de Comunicação do Ano Especializado em Sustentabilidade.   Comissão de Premiação A Comissão de Premiação foi integrada por Luciano Martins Costa (relator), Albino Castro, Kaíke Nanne, Filomena Salemme, Inacio Teixeira, Leão Serva, Marion Strecker, Nelson Graubart e Reinaldo Canto, com coordenação de Lena Miessva. Os trabalhos foram abertos por João Rached, diretor de Relações Institucionais do HSBC; Renata Binotto, assessora-sênior de imprensa do HSBC; e Eduardo Ribeiro, diretor do Portal dos Jornalistas. Valores Com um total de R$ 107 mil em valores líquidos (equivalentes a R$ 152 mil brutos), o Prêmio Jornalistas&Cia/HSBC de Imprensa e Sustentabilidade está entre os cinco  maiores do País em valores e número de trabalhos inscritos. Vão receber R$ 10 mil líquidos os vencedores de Mídia Nacional dos segmentos Jornal, Revista, Rádio, Televisão e Webjornalismo e o vencedor da categoria Especial Água; R$ 6 mil líquidos os vencedores de Mídia Nacional dos segmentos Imagem – Criação Gráfica e Imagem – Fotografia; R$ 5 mil líquidos os vencedores de Mídia Regional das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul; e R$ 10 mil líquidos (cumulativos) o vencedor do Grande Prêmio.