Agência Pública lista Dez mandamentos do crowdfunding

Após a participação de Natália Viana no 9º Congresso da Abraji, a Agência Pública divulgou uma lista com dez dicas e ensinamentos para quem quer realizar um projeto de crowdfunding. Além de Viana, participaram da mesa Natalia Garcia, primeira jornalista no Brasil a financiar um projeto – o Cidades para Pessoas – por esse meio, e Sabrina Duran, que mantém o projeto Arquitetura da Gentrificação. O aprendizado que resultou nos Dez mandamentos do crowdfunding é decorrente do projeto Reportagem Pública, que teve duração de 45 dias (agosto a setembro de 2013) e arrecadou R$ 58.935 de 808 apoiadores, distribuindo 12 bolsas de R$ 6 mil. A Pública recebeu 125 propostas de reportagem e selecionou 48, com votos dos doadores por um hotsite especial, no qual também podiam comentar as propostas e se voluntariar para ajudar os repórteres. O objetivo do projeto era testar as possibilidades de colaboração em jornalismo investigativo, engajando público e repórteres na realização de pautas de interesse mútuo, eliminando os intermediários. No total, foram 12 séries de reportagens financiadas e produzidas pelo Reportagem Pública. Para Natalia Viana, o essencial para realizar um projeto de crowdfunding é entender que ele “não é apenas uma maneira de levantar dinheiro; é uma maneira espalhar novas ideais e convidar pessoas para fazerem parte da sua construção”. Dez mandamentos do crowdfunding 1) O projeto tem que existir: seja honesto com você mesmo e acredite 2) Convide as pessoas a participar 3) Ouça o que os mais experientes e mais velhos têm a dizer 4) Seja organizado, desenvolva uma boa estratégia e a leve a sério 5) Seja transparente em relação a metas, intenções e uso do dinheiro 6) Encontre bons parceiros de caminhada, que sejam comprometidos com a causa 7) Fale, fale, fale muito sobre o seu projeto, fale o tempo todo 8) Mantenha a sua palavra. Cumpra tudo o que prometer 9) Comemore cada apoio que você receber. Mantenha-se animado. 10) Esteja cercado por um grupo ou equipe que vai abraçar o projeto, questionar cada detalhe, trabalhar horas extra, sofrer e rir com você.