Equipes de reportagem da TV Gazeta, afiliada da Globo, e da TV Tribuna, afiliada do SBT, no Espírito Santo foram ameaçadas por homens armados em 2/3 durante entradas ao vivo. O caso ocorreu na cidade de Serra, região metropolitana de Vitória.

Os repórteres Diony Silva, Fernando Estevão, Suzy Faria e Sérgio Porto estavam noticiando a falta de ônibus em um bairro onde tinha acontecido um tiroteio. Ao vivo, dois homens armados em uma moto se aproximaram, mandaram que eles se retirassem do local e deram tiros para o alto. Ninguém ficou ferido.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas do Espírito Santo e a Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj) lamentaram o ocorrido, declarando que “é urgente que o Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) dê a devida segurança para o exercício profissional, pois todo ataque à imprensa é um ataque à democracia e, portanto, inaceitável. Faz-se necessário que as empresas de Comunicação mantenham protocolos de segurança, tais como: somente enviar equipes de reportagens a locais de conflito com a presença da polícia, fornecer coletes a seus funcionários, e acionar o Ciodes-190 assim que for percebida qualquer situação de risco para as esquipes que atuam na rua”.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments