O último domingo (11/4) foi marcado por manifestações e protestos ao redor do mundo em favor da libertação de Julian Assange e contra a sua extradição para os Estados Unidos. O fundador do WikiLeaks responde a processos movidos pelo governo americano por vazar informações confidenciais sobre as guerras do Iraque e do Afeganistão.

Ele está preso há dois anos em uma penitenciária nos arredores de Londres, aguardando nova decisão judicial relativa ao pedido de extradição feito pelo governo americano. Nas últimas semanas aumentaram as pressões sobre os governos do Reino Unido e da Austrália (onde Assange nasceu) para intercederem em favor de sua libertação, lideradas pelo pai e por Stella Moris, sua companheira.

Veja em MediaTalks by J&Cia como foram as manifestações e a dura entrevista de Moris ao The Guardian, apontando contradições entre a iniciativas do Reino Unido em defesa da liberdade de imprensa em nível global e sua posição em relação ao caso de Assange.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments