Mudanças distanciam Folha Universal do Jornalismo da Record

A Folha Universal, órgão impresso da Rede Record, vem passando por diversas mudanças nos últimos meses que, cada vez mais, a distanciam da área de Jornalismo da emissora. A primeira foi a mudança no começo do ano de sua sede, que deixou a Barra Funda e está agora no templo da Igreja Universal na Av. João Dias, Zona Sul de São Paulo. Além de física, a mudança recentemente também se tornou estrutural e editorial, processo que acarretou na reformulação quase que completa de sua equipe. Antes sob responsabilidade do diretor de jornalismo Douglas Tavolaro, o jornal há algumas semana foi desvinculado da emissora e passou a ser dirigido pelo bispo Renato Cardoso, cunhado de Edir Macedo, e a abordar apenas temas que se enquadrem nos princípios religiosos seguidos pela mantenedora do grupo. Outra mudança foi no registro profissional dos funcionários, que deixaram de ser contratados pela Unipro Editora e hoje são registrados como funcionários da própria Igreja. Com a nova linha editorial, a maioria dos integrantes da redação deixou o veículo, que hoje é composto quase totalmente por membros da Universal. Integram a equipe a editora Thais Toledo, a sub Debora Bandoni e as repórteres Rebeca Figueiredo, Içara Bahia, Amanda Aron, Ana Carolina Curi, Cinthia Meibach, Flavia Flancerinno e Rafaela Almeida.