Marion Strecker está de volta ao Brasil

Marion Strecker, co-fundadora do UOL e sua diretora de Conteúdo por 15 anos, deixou no final de agosto o portal e San Francisco, nos EUA, onde era correspondente, e está de volta ao Brasil. Diz ela que regressou por Nova York, onde começou a escrever um livro, ?inspirada pela incrível reação dos leitores quando nos últimos meses passei a narrar em primeira pessoa e com certa dose de humor como me dei conta de que estava viciada em internet, na coluna que escrevo para a Folha de S.Paulo desde 2010?. Já aqui, assinou contrato com a Editora Record, pela qual o livro deve sair em 2013. Em paralelo, segue com a coluna na Folha. Ainda na Folha, Álvaro Fagundes assumiu na última semana como editor-adjunto de Mercado, na vaga aberta semanas atrás com a ida de Gitânio Fortes para Poder. No jornal desde 2006, Álvaro retorna ao caderno em que já havia atuado até novembro de 2010, quando seguiu para Nova York como correspondente. Em seu retorno ao Brasil, em setembro de 2011, foi para Mundo, onde estava até agora. Ainda por lá, registro para o retorno de Cassiano Elek Machado, que já havia atuado na casa de 1996 a 2005. Depois passou por Trip, Piauí e Cosac Naify, além de ter sido curador da Festa Literária Internacional de Paraty, em 2007. Repórter especial, escreverá para os cadernos Ilustrada e Ilustríssima, além de colaborar nos trabalhos da Três Estrelas, selo jornalístico da Publifolha. E Rafael Cariello, editorialista do jornal desde 2009, aceitou convite do editor-chefe da piauí Fernando Barros e Silva e começa como repórter na revista carioca em outubro. Na Folha há 11 anos, onde entrou como trainee, em janeiro de 2002 Rafael foi contratado como redator de Política, passando depois a repórter de Política e de Cultura, editor-interino do extinto caderno Mais e correspondente em Nova York. Voltará a trabalhar com Fernando, seu ex-chefe em Política da Folha, que assumiu a edição da piauí no início deste ano.