Fenaj: Bolsonaro fez 299 ataques à imprensa em nove meses

A Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj) divulgou nesta quarta-feira (14/10) os dados de um monitoramento para contabilizar todos os ataques feitos pelo presidente Jair Bolsonaro à imprensa nacional em 2020. De janeiro a setembro, foram 299 declarações ofensivas ao jornalismo. Os números indicam a média de 33 ataques por mês.

O levantamento levou em conta discursos do presidente, entrevistas, lives, declarações oficiais e postagens em redes sociais. Do total de ataques, 259 são classificados como descredibilização da imprensa, ou seja, investidas contra o jornalismo em geral ou contra um veículo específico; 38 casos são ataques diretos a um profissional de imprensa; e outros dois ataques a organizações sindicais.

A Fenaj preparou uma linha do tempo, que contém todos os ataques de Bolsonaro à imprensa em 2020 ordenados cronologicamente. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *