6.5 C
Nova Iorque
sábado, abril 17, 2021

Buy now

Roda de Conversa passa a integrar oficialmente o Prêmio Vladimir Herzog

Roda de Conversa, iniciativa pela qual os vencedores do Prêmio Vladimir Herzog participam de um bate-papo com estudantes para revelar os bastidores das reportagens contempladas, passará a partir do próximo ano a integrar oficialmente a cerimônia de entrega do prêmio.

A novidade foi anunciada durante a festa de premiação, nesta 4ª.feira (29/10), no Tuca, em São Paulo, por Juca Kfouri, que atuou como mestre de cerimônias. Segundo Nemércio Nogueira, diretor executivo do Instituto Vladimir Herzog, “essa ideia começou pequena três anos atrás, numa sala de aulas da PUC e ontem foi no TucArena, transmitida ao vivo pela internet por TV Cultura, TV PUC, Canal Universitário, TVT, TV Assembleia e TV Câmara. Foi também gravada, será editada e postada no site do prêmio, via youtube, onde já estão as duas dos anos anteriores. É uma grande iniciativa do Sérgio Gomes, da Oboré, que é a alma dela”.

A cerimônia foi marcada por uma palestra de 25 minutos do juiz Márcio José de Moraes, atualmente desembargador no TRF 3ª Região, mas que, em 1978, quando tinha apenas 31 anos e estava em começo de carreira, em plena ditadura, teve a coragem pessoal de prolatar a sentença que condenou a União pelo assassinato de Vlado, no processo movido pela família Herzog.

O juiz e a sentença foram objeto de recente reportagem de Cláudio Renato na GloboNews, chamada A sentença, 36 anos depois, que recebeu o Prêmio Vladimir Herzog Hors Concours (dado pela primeira vez, por decisão da Comissão Julgadora). Com autorização do Grupo Globo, ele foi copiado em DVD e distribuído a todos os presentes à cerimônia.

“Esse mesmo documentário eu vou exibir em 14/12, na Universidade Hebraica de Jerusalém”, conta Nemércio. “Eles vão promover um seminário internacional de dois dias sobre o golpe de 1964 no Brasil e, na abertura, será prestada uma homenagem ao Vlado. Vou representar a família e o IVH nesse evento e exibir o documentário com legendas em inglês, língua oficial do seminário”.

Além dos autores de reportagens premiadas, foram contemplados nesta 4ª.feira com o Prêmio VH Especial (homenagem pela carreira) o deputado federal Rubens Paiva, assassinado pela ditadura (in memoriam, entregue ao filho Marcelo Rubens Paiva, com discurso de homenagem de Audálio Dantas – na foto, com Audálio, à esquerda, e Juca) e Sandra Passarinho (com discurso de homenagem de Humberto Pereira), a primeira mulher a receber esse prêmio especial nesses 36 anos.

Related Articles

21,805FãsCurtir
2,738SeguidoresSeguir
17,500InscritosInscrever

Últimas notícias