Ejesa deve transferir sede do Brasil Econômico para o Rio

A Ejesa já decidiu: vai transferir a sede do Brasil Econômico para o Rio de Janeiro. A informação ainda não é oficial, mas pelo que apurou Jornalistas&Cia a mudança já começou a ser planejada.  O jornal certamente terá de buscar um novo diretor de Redação, pois Joaquim Castanheira, convidado a se transferir para o Rio, não teria aceito, por não pretender deixar São Paulo, onde tem carreira consolidada e também por razões familiares. Ricardo Galuppo, primeiro diretor de Redação e atual publisher do jornal, também deve desfalcar as hostes do Brasil Econômico. Tem convite para atuar como colunista dos veículos da Ejesa, mas, pelo visto, seus planos pessoais e profissionais vão em outra direção. Tímidos em São Paulo, os rumores sobre a mudança explodiram no mercado carioca.