Autoesporte anuncia reestruturação interna e promoções

Com as recentes saídas de Carina Mazarotto, para o Bufalos TV (Carina Mazarotto deixa Autoesporte e vai para Bufalos TV), e Renata Carvalho, que deve anunciar seus novos rumos na próxima semana, a Autoesporte promoveu reajustes internos, com promoções e efetivações de alguns colaboradores. Na vaga de editor, que era de Carina, foi efetivado Júlio Cabral (ex-Estado de Minas), enquanto Giulia Lanzuolo (ex-Folha de S.Paulo) assume como repórter no lugar de Renata. As mudanças também contemplaram a promoção do repórter Ricardo Sant’Anna a editor-assistente. Ele, a propósito, faturou em junho a categoria Furo do Ano no Prêmio Editora Globo de Jornalismo, com a reportagem Taigun, o jipinho que a VW prepara para o Brasil, publicada na edição 570 da revista, em novembro do ano passado, com fotos de Fabio Aro. Durante a premiação, promovida internamente pela Editora Globo, a Autoesporte comemorou também a vitória na categoria Marca do Ano. “Esse é um importante reconhecimento para um título que vem se expandindo do papel para o digital, inovando com alternativas que facilitam a leitura em várias plataformas, em qualquer lugar”, comenta o diretor de Redação Marcus Vinicius Gasques. “É um prêmio a ser compartilhado com todos que nos acompanham e com os colegas que já passaram por aqui e contribuíram para essa conquista”. A revista ainda foi finalista nas categorias Reportagem de Serviço (com a edição Qual Comprar 2012), Foto Produzida (com Ainda sou americano, também de Fábio Aro, com apoio do designer Marcelo Serikaku), e Blog (com o Quarentena, que era coordenado por Renata Carvalho). Gasques aproveita para informar que a revista registrou em junho 130 mil exemplares vendidos, entre bancas, assinatura e digital, sendo 55 mil apenas em bancas, ambos seus recordes históricos.