Liberdade de imprensa está em queda no Brasil, diz estudo

O Pew Research Center divulgou em 27/2 um estudo sobre a crença em valores democráticos em 34 nações ao redor do globo. A pesquisa, que analisa dados de 2015 a 2019, foca em temas como eleições livres e imparciais, e liberdade de imprensa. No Brasil, os resultados indicaram uma queda de 11% no apoio à livre publicação de notícias e reportagens: em 2015, 71% dos entrevistados defendiam a liberdade de imprensa. Já em 2019, o número caiu para 60%.

Essa queda foi a maior registrada entre os países que participaram do estudo. Em países europeus e nos Estados unidos, por exemplo, o apoio à liberdade de imprensa tomou outro rumo e cresceu alguns pontos percentuais.

Em contrapartida, a insatisfação com o funcionamento da democracia caiu no Brasil: hoje, 56% dos entrevistados estão insatisfeitos, em comparação aos 83% detectados em 2015. Em entrevista à Folha de S.Paulo, Richard Wike, diretor do setor de Pesquisas de Atitudes Globais do Pew Research Center, explicou que essa queda ocorreu por causa da eleição de 2018: “Algumas vezes, vemos que a insatisfação com a democracia diminui logo após uma eleição, o que foi o caso do Brasil”. A insatisfação caiu ao longo de todo o espectro ideológico, mas o declínio foi especialmente acentuado entre pessoas que se identificam como de direita”

Outro dado relevante é que apenas 36% dos entrevistados no Brasil acreditam que partidos de oposição possam atuar livremente. A média global sobre o tema é de 54%.

Confira a pesquisa completa (em inglês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *