Especial do MediaTalks debate impactos do coronavírus sobre o Jornalismo

MediaTalks by J&Cia acaba de publicar o segundo capítulo da série especial Efeitos da Pandemia sobre o Jornalismo, que reúne pesquisas, dados e entrevistas sobre como a Covid-19 afetou a imprensa ao redor do globo.

A capa tem uma frase de Charlie Beckett, professor da London School of Economics, que ilustra muito bem as transformações e os desafios que os jornalistas enfrentaram nos últimos meses: “Faça jornalismo. Ele nunca foi tão interessante e vital como vocação. Mas faça diferente”.

O especial aborda temas que incentivam a discussão sobre o jornalismo e sobre como ele vem reagindo aos efeitos da pandemia. Entre os temas abordados estão migração para o teletrabalho, desemprego, abalo à saúde mental de profissionais de imprensa, consequências mais severas para mulheres jornalistas, mortes por Covid-19 na categoria, como os governos de vários países adotaram – ou não – transparência na relação com a mídia, ameaças à liberdade de imprensa, avanço das fake news e movimento para regular as plataformas digitais, 

MediaTalks entrevistou referências na área para promover o debate sobre o tema, como Nic Newman, pesquisador sênior do Instituo Reuters; Meera Selva, diretora do programa de Fellowship do Instituto Reuters; Anthony Bellanger, secretário-geral da Federação Internacional de Jornalistas; e Kate McCure, presidente da Foreign Press Association de Londres.

O especial contou com a colaboração das correspondentes brasileiras Claudia Wallin (Suécia), Liz Lacerda (Austrália), Monica Yanakiew (Argentina), Michele Oliveira (Itália), Silvana Mautone (Estados Unidos), Karina Gomes (Alemanha) e Deborah Berlinck (França).

Leia o especial do MediaTalks na íntegra aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *