Abracom divulga manifesto pelo direito à comunicação

Com o pressuposto de que empresas, governos, associações e ONGs têm o dever de se comunicar com a sociedade, prestar contas de seus atos e o direito de veicular suas mensagens para vender produtos e serviços divulgar ideias, promover causas; e de que esses deveres e direitos ficam sob ameaça quando há incompreensão sobre o trabalho dos profissionais e das empresas especializadas em comunicação estratégica; a Associação Brasileira das Agências de Comunicação (Abracom) divulgou um manifesto em defesa do direito à comunicação.

Representante de mais de 170 empresas de um setor que gera 16 mil empregos diretos em todo o País, ela prega a legitimidade e a legalidade das atividades de consultoria estratégica em uma sociedade democrática, pautada pela liberdade de expressão e pela livre circulação de ideias e debates. Leia o manifesto na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *