TVs da Nigéria recebem multa por cobertura de manifestações

A National Broadcasting Commission (NBC), agência reguladora do setor de mídia da Nigéria, divulgou um guia que orienta as emissoras de TV do país sobre como devem cobrir os protestos contra a corrupção e a violência policial que ocorrem desde o início de outubro. A entidade multou três emissoras que desrespeitaram as orientações do guia.

Segundo a NBC, os canais Channels Television, Arise Television e Africa Independent Television realizaram “cobertura não profissional e antiética”, e foram multados por isso.

Em nota, a Federação Internacional de Jornalistas (IFJ, em inglês) criticou a atitude da NBC e declarou que as multas são uma “tentativa inaceitável de silenciar o jornalismo crítico. Elas devem ser derrubadas”.

Os protestos em questão pedem o fim do Esquadrão Especial Anti-Roubo (SARS), acusado de realizar roubos, prisões, assassinatos, tortura, entre outros. Os atos começaram pacíficos, mas, em 20 de outubro, militares nigerianos abriram fogo contra uma multidão de manifestantes que se aglomerava na praça Lekki, no centro de Lagos. Segundo a Anistia Internacional, 38 pessoas foram mortas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *