Professores de seis universidades discutem, em São Paulo, o futuro do Jornalismo

Em parceria com ECA/USP, ESPM, Cásper Líbero, PUC-SP, Mackenzie e Anhembi Morumbi, a Abraji promove nesta 4ª.feira  (7/5) o seminário “Quem mexeu no meu jornalismo”. O objetivo é discutir atualidades da profissão, como pode vir a ser praticada e para quem o jornalista trabalhará e por que debates como esse são úteis.

O evento será das 19h às 21h30, no auditório da Cásper Líbero, em São Paulo (av. Paulista, 900). Quem não comparecer ao local poderá acompanhar a discussão em tempo real pela página do seminário no Facebook.

As perguntas enviadas a essa página ou que tenham a hashtag #jornalismo5 serão incluídas no debate.

Programação Mediador: Guilherme Alpendre, diretor-executivo da Abraji ABERTURA Carlos Costa (Cásper Líbero) e Maria Elisabete Antonioli (ESPM) Mesa 1 #financiamento – É possível viver de jornalismo? Como financiar a produção e circulação de notícias  – André Deak, Casa de Cultura Digital e professor da ESPM – André Santoro, professor do Mackenzie – Leonardo Sakamoto, Repórter Brasil, UOL e professor da PUC-SP  – Natália Viana, Agência Pública Mesa 2 #narrativas – O jornalista morreu? O deslocamento da atividade jornalística em uma realidade pós-industrial – Bob Fernandes, TV Gazeta e Terra Magazine – Elizabeth Saad, professora da ECA-USP – Renato Rovai, Revista Fórum e professor da Cásper Líbero