Corpo de Paulo Henrique Amorim será velado no Rio de Janeiro

Paulo Henrique Amorim

Paulo Henrique Amorim morreu na madrugada desta quarta-feira (10/7), aos 77 anos, vítima de um infarto fulminante em sua casa, no Rio de Janeiro. Na noite da terça-feira (9/7), ele havia saído para jantar com amigos.

Após 13 anos no comando do programa Domingo Espetacular, PHA estava afastado da Record TV desde 24 de junho. Antes, passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do Brasil. Nascido em 22 de fevereiro de 1942, estreou em A Noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidadee, posteriormente, de Veja. Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional, em Nova York.

Em 1996, deixou a TV Globo e foi para a Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band e o programa Fogo Cruzado. Depois, seguiu para a TV Cultura. Em 2003, foi contratado pela Record TV, onde apresentou o Jornal da Record segunda edição. No ano seguinte, ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora. E em 2006, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho.

O corpo será velado nesta quinta-feira (11/7), na sede da Associação Brasileira de Imprensa (Rua Araújo Porto Alegre-71, Centro do Rio), das 10h às 15h. Na sequência, ele será cremado no Crematório e Cemitério da Penitência, na zona portuária da capital fluminense.

Amorim deixa uma filha e a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *