1 C
Nova Iorque
sábado, março 6, 2021

Buy now

Circulação de grandes jornais mantém-se estável nos dois primeiros anos do Governo Bolsonaro, diz pesquisa

Jornais impressos expostos na banca da rodoviária (Crédito: Sérgio Lima/PODER 360)

O Poder360 fez uma avaliação sobre a pesquisa do IVC (Instituto Verificador de Comunicação) sobre a circulação total (impresso + digital) dos principais jornais do País durante os dois primeiros anos do mandato de Jair Bolsonaro (2019 e 2020). Os resultados indicam uma queda de 1,1% na circulação, número que pode ser entendido como estabilidade.

Para a reportagem, o Poder360 selecionou os seguintes veículos: Folha de S.Paulo, O Globo, O Estado de S.Paulo, Super Notícia (MG), Zero Hora (RS), Valor Econômico, Correio Braziliense (DF), Estado de Minas, A Tarde (BA) e O Povo (CE). Em dezembro de 2018, a circulação total desses dez jornais era de 1.444.104 exemplares. Em dezembro de 2020, segundo o IVC, o número foi de 1.428.073.

Segundo o Poder360, vale destacar, porém, que analisados separadamente, esses veículos tiveram desempenhos diferentes no período analisado: Folha, Globo, Valor e A Tarde, por exemplo, tiveram desempenhos positivos em suas tiragens pagas. Os demais enfrentaram uma queda global de circulação.

Outro dado relevante da pesquisa, segundo o portal, é a diferença entre as versões impressas e digitais dos jornais analisados. Em dezembro de 2018, os dez veículos tinham 654.144 de tiragem média diária. No final de 2020, o número caiu para 437.969, uma queda expressiva de 33%. Já em relação a assinaturas digitais, nos dois anos do Governo Bolsonaro, os números dos jornais subiram de 789.960 para 990.104, um aumento de 25,3%.

Veja a íntegra da avaliação no site do Poder360.

Related Articles

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
21,618FãsCurtir
2,676SeguidoresSeguir
17,300InscritosInscrever

Últimas notícias