Vaquinha online busca ajudar repórter cinematográfico incapacitado

Jesse Nilson

Jesse Nilson, o Jotinha, repórter cinematográfico da Band-RS, está impossibilitado de realizar suas funções há quase dois anos, devido a complicações pós-cirúrgicas no coração. Em janeiro de 2018, ele teve um infarto, e a intervenção médica resultou em três pontes de safena. Depois do ocorrido, ele teve dificuldades para dar continuidade ao tratamento, pois não obteve suporte do SUS e o INSS negou o benefício de saúde a ele. Com fortes dores, não conseguia mais trabalhar.

“Senti muita dor no peito e nos ombros, não conseguia mais segurar uma câmera”, contou Jotinha em entrevista ao Coletiva.net. Ele explicou também que, apesar de ainda ser funcionário da Rede Bandeirantes, não recebe o salário desde maio por causa do INSS. Jotinha foi diagnosticado tendinopatia do supraespinhal, uma evolução de uma tendinite no tendão do ombro.

Ele fez um desabafo em suas redes sociais, expondo sua situação: “Saí vivo do hospital, mas sem vida. Falhas no tratamento, diagnósticos equivocados, medicamentos prejudiciais, avaliações imprecisas, desrespeito médico, descasos judiciais sucessivos, desamparo do INSS, incapacidade de atendimento do SUS e outras tantas coisas”.

O desabafo comoveu amigos e ex-colegas, que organizaram uma vaquinha online para ajudar Jotinha a dar continuidade ao tratamento, pagar as contas e outras necessidades básicas. A meta é arrecadar R$ 5 mil. Até esta quarta-feira (29/1), tinha obtido aproximadamente R$ 3.7 mil. Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *