Tese de Leão Serva é aprovada por unanimidade na PUC-SP

Morte de rebelde sírio

Leão Serva, que hoje atua como comentarista de mobilidade urbana na CBN, teve aprovada por unanimidade em 17/11 sua tese de doutorado em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. A “fórmula da emoção” na fotografia de guerra – Como as imagens de conflitos se relacionam com a tradição iconográfica explorada por Aby Warburg recebeu nota dez da banca formada pelos professores Malena Contrera (Unip), Jorge Coli (Unicamp), Maria Amália Andery (reitora da PUC) e Silvio Mieli (PUC), além do orientador Norval Baitello Jr..

“Foi uma banca muito interessante porque seus membros têm formações diferentes e por isso cada arguição abordou um aspecto diferente do trabalho”, conta Leão. “Acho que vale destacar que me dedico ao estudo da Fotografia de Guerra usando como método ideias do alemão Aby Warburg (1866-1929), que, por coincidência, nos últimos tempos ganhou destaque por eventos como a exposição Levantes (no Sesc-Pinheiros), que o curador francês Georges Didi-Huberman inspirou na obra dele. Fiquei particularmente feliz porque esse trabalho de alguma forma encerra o longo ciclo a que me dediquei, primeiro à cobertura e depois ao estudo de guerras, desde o início dos anos 1990. Agora vou me dedicar à Paz…”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *