Sindicato dos Jornalistas do DF repudia agressões de Bolsonaro

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas do DF repudiou em nota as agressões do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) ao repórter Rubens Valente, da Folha de S.Paulo. Ele é o autor da matéria Bolsonaro era agressivo e tinha ´excessiva ambição´, diz ficha militar, sobre documentos do Exército acerca do parlamentar carioca.

O canal de Jair Bolsonaro no YouTube divulgou vídeo, já retirado do ar, sobre a entrevista conduzida por Valente com diversas agressões do parlamentar contra o repórter, além de um tratamento totalmente desrespeitoso. O Sindicato também cobrará explicações do parlamentar e pedirá retratação.

Diz a nota: “A liberdade de expressão e o direito à vida íntima de entrevistados não justifica qualquer tipo de agressão ou tratamento desrespeitoso. Independentemente da posição ou orientação ideológica, políticos e autoridades precisam respeitar o trabalho da imprensa. A imprensa não está acima da lei e da crítica, mas ponderações e reclamações devem ser feitas de forma respeitosa e nos fatos, não na desqualificação pessoal dos profissionais”.

1 comment

Get RSS Feed
  1. Luiz Solano

    Gostaria que o Sindicato dos Jornalistas do DF tivesse também o mesmo interesse durante a perseguição que eu meus filhos estamos sofremos de um Deputado do PT aqui de Brasília.Fui abandonado pelo Sindicato que não deu atenção para o meu problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *