Repercussão do Ranking dos Mais Premiados Jornalistas Brasileiros

Jornalistas&Cia recebeu inúmeras manifestações de jornalistas de todo o País com elogios, críticas e sugestões aos rankings que elaborou e que consolida a decisão de criar e manter um Centro de Memória das premiações jornalísticas para profissionais brasileiros. Recebemos mensagens, entre outros, de Andrei Meirelles, Clovis Rossi, Fernando Albrecht (que é do Jornal do Comércio de Porto Alegre ? e não o Jornal do Commercio de Pernambuco, como saiu em J&Cia 825), Eliane Brum, José Hamilton Ribeiro, Lucas Figueiredo, Luiz Ribeiro dos Santos, Mauri Konig, Merval Pereira, Nestor Tipa Jr., Paulo Gilvane, Paulo Serpa Antunes, Raphael Machado Gomide, Renata Maneschy, Rodrigo Cavalheiro (e não Carvalheiro, como saiu em J&Cia 825) e Vandeck Santiago. Entre as sugestões que este J&Cia e o Instituto Corda analisarão estão a inclusão de prêmios como os internacionais Lorenzo Natali (da União Européia), Homenaje (da FNPI ? Fundación por um Nuevo Periodismo Iberoamericano), Direitos Humanos da Anistia Internacional; os nacionais Telesp de Jornalismo (já extinto), J. Reis de Jornalismo Científico (do CNPq), CNA de Jornalismo (da Confederação Nacional de Agricultura); os regionais Sangue Bom (do Sindicato dos Jornalistas do Paraná), Braskem (do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas), Cristina Tavares (do Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco), Movimento Justiça e Direitos Humanos de Jornalismo (RS), Setcergs-RS, Ministério Público-RS, Golfinho de Ouro (da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro). Também recebemos apontamentos de possíveis erros de tabulação e sobre isso o diretor do Instituto Corda, Maurício Bandeira, informou que os casos apresentados estão sendo analisados e se houver erro o ranking será corrigido, com divulgação por este J&Cia. Houve algumas dúvidas sobre se menções honrosas e outros prêmios honoríficos e colocações do segundo lugar em diante entrariam na pontuação. Os critérios adotados para o ranking não contemplam pontos para essas colocações, formato adotado por algumas premiações. Outra sugestão foi a de que J&Cia crie um link para que os jornalistas possam ter acesso às respectivas premiações e pontuações e, desse modo, interagir com os organizadores para tirar dúvidas ou enviar novas sugestões, críticas e esclarecimentos. ?Nas próximas semanas vamos analisar todas as sugestões, conferir as pontuações duvidosas e discutir os aprimoramentos necessários com vistas às próximas edições?, afirmou o diretor de J&Cia Eduardo Ribeiro.Matérias relacionadas:Eliane Brum é a mais premiada de todos os temposOs jornalistas mais vitoriosos de 2011Os jornalistas vitoriosos regionais de 2011Os jornalistas vitoriosos regionais de todos os temposRede Globo é a mais vitoriosa de todos os temposGlobo é também a mais vitoriosa de 2011Os veículos vitoriosos regionais de 2011Os veículos vitoriosos regionais de todos os temposRanking dos Mais Premiados Grupos de Comunicação Brasileiros de todos os temposCentro de Memória alimentará rankingsO mais antigo prêmio de jornalismo da História

Workshop Mega Brasil