As plataformas do Facebook concentram metade dos casos de abuso infantil online no Reino Unido, mostra pesquisa da ONG britânica Sociedade Nacional para a Prevenção da Crueldade contra Crianças (NSPCC). Principal entidade de defesa dos direitos da criança no país, ela lançou campanha contra o abuso online e não quer que a criptografia no Facebook Messenger e Instagram seja implantada, por entender que vai piorar a situação.

Até 2014, era permitido a um adulto enviar mensagens sexuais para crianças no Reino Unido. Foi uma campanha da NSPCC que tornou isso crime. Leia mais em MediaTalks by J&Cia.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments