Lucas Figueiredo autografa O Tiradentes em SP e BH

Capa do livro

Lucas Figueiredo marcou para os próximos dias dois lançamentos de seu livro O Tiradentes (Cia das Letras), em que explora aspectos poucos conhecidos da vida privada do mártir da Independência e lança um novo olhar sobre sua figura histórica, símbolo imortal da cidadania indignada com os desmandos da opressão.

Em São Paulo, será nesta segunda-feira (17/9), às 19h, na Livraria da Vila da Vila Madalena (rua Fradique Coutinho, 915), dentro da programação dos Encontros Folha & Companhia – livros, ideias e autores, numa bate-papo com mediação de Oscar Pilagallo. Em Belo Horizonte, está marcado para 20/9 (quinta-feira), às 19h30, como parte do Sempre um papo, no Auditório da Cemig (av. Barbacena, 1.200, Santo Agostinho), com a participação especial de Ângelo Oswaldo de Araújo Santos.

Embora a história de Tiradentes seja amplamente conhecida, muitos aspectos da biografia dele permaneceram semiocultos em arquivos pouco explorados. A partir de cinco anos de abrangente pesquisa em acervos de Brasil, Portugal, França e EUA, e de descobertas mais recentes da historiografia, Lucas propõe uma nova abordagem biográfica de Tiradentes, aliando rigor historiográfico a uma narrativa organizadora dos fatos dispersos na escassa documentação disponível.

Ele reconstitui a trajetória do alferes, desde a sua experiência familiar, os anos de juventude, quando foi mascate, o trabalho no baixo escalão dos oficiais –, enfrentando as engrenagens da burocracia estatal –, o ofício paralelo de tratar (e tirar) dentes, até seu envolvimento na Conjuração Mineira. Em paralelo, faz um retrato vívido das Minas Gerais e do Rio de Janeiro do século XVIII: seus personagens, acontecimentos, e a circulação dos ideais revolucionários. Deixando para trás as especulações e os relatos fabricados, e unindo verve literária e rigor histórico, o livro é um trabalho de investigação que dá a Tiradentes a dimensão humana apagada na formação de sua história. A capa é de Mateus Valadares. Ele está à venda (e-book e impresso) na Amazon.

Ex-repórter da Folha de S.Paulo, do Estado de Minas, pesquisador da Comissão Nacional da Verdade e consultor da Unesco, além de autor dos livros-reportagem Morcegos negros (2000), Ministério do Silêncio (2005), O Operador (2006), Olho por Olho (2009) e Boa Ventura! – A corrida do ouro no Brasil (2011), todos publicados pela Record, e Lugar nenhum: militares e civis na ocultação dos documentos da ditadura, pela Cia das Letras, Lucas acaba de assinar com essa editora contrato para escrever a biografia de Juscelino Kubitschek.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *