9.3 C
Nova Iorque
domingo, abril 18, 2021

Buy now

Jornalista chinesa é condenada a quatro anos de prisão

Em greve de fome desde junho e alimentada à força por uma sonda nasal, a jornalista-cidadã chinesa Zhang Zhan, que estava detida desde maio, foi condenada a quatro anos de prisão em Xangai nesta segunda-feira (28/12), pelo crime de “provocar discórdia e causar problemas”.  Ex-advogada de 37 anos, Zhan notabilizou-se por transmitir notícias sobre a pandemia via WeChat, Twitter e YouTube a partir de Wuhan, cidade chinesa onde o coronavírus foi inicialmente identificado, tendo sido presa em maio.

A condenação ganhou destaque na imprensa em todo o mundo, mas não foi surpresa. A China lidera os rankings de jornalistas presos em 2020 elaborados pelas principais organizações que defendem a liberdade de imprensa, como a Repórteres Sem Fronteiras e o Comitê para a Proteção de Jornalistas. O caso de Zhan vinha sendo citado nos relatórios como emblemático da repressão contra a mídia no país.

O advogado da jornalista, Zhang Keke, relatou que ela compareceu ao julgamento em uma cadeira de rodas, que havia perdido de 15 a 20 quilos, seu cabelo fora cortado e estava fortemente abalada. Ele disse via redes sociais que o promotor apenas leu a lista de evidências, sem mostrar a maioria delas, e que Zhan quase não falou, mas afirmou que  “o discurso do cidadão não deve ser censurado”.

Muitos ativistas foram ao local para acompanhar o caso e prestar solidariedade, mas, de acordo com reportagem do South China Morning Post, a entrada na sala do julgamento foi proibida pela polícia. Alguns que tentaram entrar foram levados para a delegacia. A AFP postou nas redes sociais imagens de jornalistas sendo abordados por policiais tentando impedir o trabalho. (Veja+)

Leia mais em MediaTalks sobre o Relatório da Repórteres sem Fronteiras apontando que 35% das prisões de profissionais de imprensa em 2020 foram associadas à cobertura da pandemia, e que o número de mulheres jornalistas presas bateu recorde em 2020.

Related Articles

1 COMENTÁRIO

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Anderson
3 meses atrás

Ela não é jornalista, já foi presa outras vezes. Já passou por tratamento psiquiátrico. Ela age como bolsominions brasileiros, que invadem hospitais, estimulam a não vacinação, são anticiência e espalham fake news.

Mais informações: https://www.brasildefato.com.br/2020/12/30/blogueira-chinesa-foi-julgada-por-violar-regra-sanitaria-e-nao-por-fazer-jornalismo

21,815FãsCurtir
2,739SeguidoresSeguir
17,500InscritosInscrever

Últimas notícias