Infoglobo faz corte que inclui O Globo, Extra, Valor, Época e outros setores

Redação integrada Infoglobo

Por Cristina Vaz de Carvalho, editora de J&Cia no Rio de Janeiro

A semana começou com notícias desencontradas sobre o corte que a Infoglobo fez em seu pessoal. Os números que correram o mercado davam conta de 40 demitidos na redação, até 160. Frederic Kachar, diretor-geral da Infoglobo, Editora Globo e Valor Econômico, comentou que “a reestruturação envolveu a empresa inteira e inclui dispensas, trocas e promoções”. Sobre os números, ele não confirma: “Trata-se de uma informação interna que não é divulgada”.

Entre as especulações, está a de que, em breve, haverá a descontinuidade do caderno Boa Viagem impresso, assim como, nos suplementos Bairros, dos cadernos Tijuca e Zona Norte. Em nota a este J&Cia, a empresa diz que não há confirmação sobre a descontinuidade de nenhum caderno: “Trata-se de uma especulação e, neste caso, não comentamos”.

Conforme apurou este J&Cia, em São Paulo, o Valor teve duas demissões e congelou uma vaga que estava aberta desde a saída, este mês, de Renato Rostás.

De Brasília, saiu Lydia Medeiros – no ano passado, ela assumiu o Panorama político e teve depois sua própria coluna, Poder em jogo. E ainda Cristiane JungblutMaria Lima e os fotógrafos Ailton de Freitas e Givaldo Barbosa.

O corte também atingiu Rolland Giannoti, ex-editor de Rio e atualmente na mesa do Globo impresso, Maria da Luz Antonio Carlos Lisboa. De País, Mair Pena Jeferson Ribeiro; de Rio, Simone CandidaEdiane Merola Caio Barreto Briso. Da Economia, Lucila de Beaurepaire. Do Segundo Caderno saiu Zean Bravo e, de Esportes, Tadeu Aguiar. Do vídeo, Raphael Andreozzi e William Gomes, e da diagramação, Christiana Lee. Do online, foi Beatriz Mota, e Paulo Thiago, de Opinião. Assim também Antonietta Ramos que, entre outras funções, editou as Cartas dos LeitoresMatilde Silveira, do Acervo, e Virgínia Honse, do Bairros.

Deixaram o Extra Leo BrunoNatalia Von KorschDiana Alves, da capa, e Larissa Verdier, do online. No Valor, Claudia Schuffner. De Época, Hudson Corrêa e Leandro Loyola. Entre as funções administrativas da Redação, estão Flávia Charpinel, secretária da Fotografia, e Patrícia Gribel, secretária de País, além dos motoristas Amauri das Graças e Jorge Monteiro.

Da sede no Rio, que concentra a maior equipe, saíram colunistas com tradição no jornal e que se dividiam entre o Segundo Caderno e o Esporte: Arthur DapieveCelso ItiberêFernando Calazans e o mais jovem, mas já tradicional, Mauro Ventura. E Luiz Cláudio Latgé, veterano no Grupo Globo, mas novo como colunista da Infoglobo. Também saíram novos colunistas colaboradores, como Thalita RebouçasMauro Osório e Rico de Souza, do Extra. E mesmo alguns convidados este ano para O Globo, a partir de sugestões de leitores, como Maureen Flores e Luiz Antônio Simas.

A nota da empresa esclarece que “os colunistas se relacionam com a empresa por meio de contratos PJ. A mudança de colunistas nos produtos sempre pode acontecer, pois faz parte de um processo contínuo de revisão e adequação editorial”. Diz ainda não procederem informações de que faria acordos pontuais em que, em vez de demitir, receberia pedidos de demissão, incorporando vantagens especiais estendidas no tempo a quem aderisse.

Dos que pediram demissão, pelo que apurou J&Cia, três pretendem fazer cursos no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *