Grupo Globo reestrutura área de Esportes e corta dezenas. César Seabra sai depois de 18 anos

César Seabra

Por Cristina Vaz de Carvalho, editora de J&Cia no Rio de Janeiro.

Esta semana, desde 16/10, o Grupo Globo dispensou profissionais da TV Globo, do canal SporTV e do site GloboEsporte.com, como parte da reestruturação de sua área de Esportes, que prevê a unificação do conteúdo da tevê aberta, da tevê a cabo e da internet. Por causa da Copa do Mundo e, depois, dos Jogos Olímpicos, ambos ocorridos no Rio, houve aumento nas contratações.

Agora, segundo informações, uma empresa de consultoria teria analisado o desempenho do setor, concluindo que os produtos veiculados poderiam prescindir de cerca de 50 profissionais, sem comprometer a qualidade.

A maior surpresa foi ser a lista encabeçada por César Seabra – diretor regional de Esportes, sediado em São Paulo –, justamente o responsável pela integração entre as equipes dos canais de tevê e internet. Seabra chegou à TV Globo em 1999, vindo do jornal O Globo, onde passou 12 anos e obteve um Esso de Informação Esportiva. Convidado a participar da criação do Lance, lá esteve por dois anos, como diretor de Redação no Rio. Já na TV Globo, dirigiu o escritório em Nova York e, em 2009, passou à direção da GloboNews. Deixou o cargo dois anos depois, para assumir a direção regional de Esportes em São Paulo.

Trinta nomes experientes

Infelizmente, a lista é imensa. Da TV Globo, saíram Luciana Ávila, apresentadora do Esporte Espetacular, Carla Canteras, Cláudio Moraes, Cláudio Schwab, Marco Aurélio Souza, Renato Peters e Rosane Araújo.

Do SporTV, foram a apresentadora Vanessa Riche; Marcelo França, chefe da editoria Internacional; e também Alfredo Taunay, Bianca Junqueira, Chafi Haddad, Cintia Martins, Idival Marcusso, Joyce Bruhn, Luiz Ademar, Marcos Carvalho, Mariana Brochado, Mário Jorge Guimarães, Norton Marcon, Paulinho Criciúma, Renato Matte, Rivelino Teixeira, Roger Garcia e o comentarista Carlos Cereto.

Do site GloboEsporte.com, Alexandre Fernandes, Alexandre Sattamini, Cida Calu, Marcelo Guimarães e Mariana Barros.

Há cerca de um mês, Rogério Marques tinha deixado o Globo Repórter, na TV Globo, e Christina Cabo, a GloboNews, ambos sem ligação com o Esporte.

Até o fechamento do J&Cia, havia a previsão, ainda não concretizada, de cerca de mais dez cinegrafistas serem afastados antes do final da semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *