Embora desconfiem, jornalistas pautam-se por redes sociais

Segundo pesquisa realizada pelo Grupo de Comunicação Digital (GCD), que visa a analisar em profundidade a relação do jornalista com a comunicação digital, 71,9% dos profissionais consideram pouco confiáveis informações publicadas nas redes sociais. Apenas 28,1% dos pesquisados avaliaram como confiável o conteúdo publicado nesses ambientes digitais. No entanto, 55,1% dos respondentes declararam pautar-se pelas redes socais. Entre os que não se pautam por elas, 52,4% declararam que só confiam na informação quando falam direto com a fonte; 33,3% que não confiam na veracidade das informações das redes sociais; 6,4% que as redes sociais não têm credibilidade; e 7,9% que as redes sociais não são feitas por jornalistas.

A pesquisa teve como objetivo investigar de que forma os profissionais de comunicação pautam-se por canais e plataformas digitais no momento do desenvolvimento de seus trabalhos e foi respondida por perto de 130 jornalistas, entre maio e outubro de 2018. O GCD tem como fundadores Rodrigo Capella, João Luiz Marques, Eduardo Micheletto e Rosangela Lopes. Mais informações pelo grupodecomunicacaodigital@gmail.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *