19.3 C
Nova Iorque
sábado, maio 25, 2024

Buy now

Carolina é 100, no IMS/Rio, homenageia centenário de Carolina de Jesus

Pobre e negra, a mineira Carolina de Jesus viu um mundo pela janela quando seus escritos – produzidos em qualquer picado de papel – caíram nas mãos do então repórter Audálio Dantas, que os publicou em forma de reportagem na extinta Folha da Noite (jornal do Grupo Folha), em 9/5/1958. Ela passara dos trinta, e vivia na favela Canindé, em São Paulo. Audálio intermediou o contato com a editora Francisco Alves e, em 1960, Carolina lançou seu primeiro livro, Quarto de despejo, que vendeu expressivos dez mil exemplares em apenas um mês. Traduzida em mais de 15 idiomas, assinou letra, música e interpretação de LP produzido pela RCA Victor, hospedou-se no Copacabana Palace a convite da revista Life e escreveu também Casa de alvenaria: diário de uma ex-favelada, Provérbios e Pedaços da fome, sem o mesmo sucesso da obra de estreia. Diário de Bitita: um Brasil para brasileiros, publicada inicialmente em francês pela Éditions Métailié, só se tornou realidade após sua morte, em 1977, aos 62 anos. Nesta 6ª.feira (14/3), às 20h, o Instituto Moreira Salles celebra o centenário de Carolina com a exibição do documentário Favela: a vida na pobreza, da alemã Christa Gottmann, inédito no Brasil, que foi recentemente restaurado e legendado em português pelo instituto. Também haverá uma mesa de conversa com Audálio e a professora e crítica literária Marisa Lajolo. A entrada é franca. Boa parte do acervo da escritora está na Biblioteca Nacional. Na sede carioca do IMS, desde 2006, está o Acervo Carolina Maria de Jesus, formado por dois cadernos manuscritos: um deles intitulado Um Brasil para os brasileiros: contos e poemas, e outra coletânea similar, sem título. O conteúdo desses cadernos está parcialmente publicado.   SERVIÇO Evento Carolina é 100, homenagem ao centenário de Carolina Maria de Jesus Quando? 6ª.feira, 14 de março, às 20 horas Onde? Auditório do Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro (av. Marquês de São Vicente, 476, Gávea) Entrada franca   Leia mais + Debate promove lançamento de obra sobre os 50 anos do golpe de 1964 + Audálio Dantas e Luiz Fernando Veríssimo são os grandes vencedores do Jabuti + Audálio Dantas receberá Troféu Juca Pato no dia 18   

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,800InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese