Brasil vence SIP em três categorias

A Sociedade Interamericana de Imprensa anunciou em 7/8 os vencedores da edição de 2019 de seus prêmios de excelência jornalística. Com três prêmios principais e uma menção honrosa, o Brasil foi um dos destaques da iniciativa, dirigida a profissionais de meios de comunicação das Américas e da Espanha, e reconhece a qualidade e os impactos dos conteúdos produzidos por jornalistas e veículos nas sociedades dessas regiões.

Na categoria Direitos Humanos, o Câmera Record venceu com o trabalho Piaçaba: exploração no coração da Amazônia, que denuncia o trabalho escravo na selva brasileira. Integraram a equipe Sheila Fernandes, Romeu Piccoli, Rodrigo Bettio, Marcio Strumiello, Gustavo Costa, Rafael Gomide, Natália Florentino e Rafael Ramos.

O site Metrópoles venceu na categoria Meio Ambiente, com a matéria O Levante dos Ribeirinhos, sobre a relação entre proprietários de fazenda e comunidades locais em relação ao uso da água para o agronegócio. Participaram do trabalho Eumano Silva, Lilian Tahan, Priscilla Borges, Maria Eugênia Moreira, Olívia Meireles, Denise Costa, Michael Melo, Gilberto Alves, Gui Prímola, Stela Woo, Cícero Lopes, Gabriel Pereira, Allan Rabelo, Saulo Marques e Vinícius Paixão.

Maurício Angelo, da revista digital Movinup, levou o prêmio de Opinião, com Roger Waters é uma ameaça, enquanto o uso do aplicativo WhatsApp pelo site de checagem Aos Fatos na cobertura eleitoral de 2018 mereceu menção honrosa na categoria Cobertura Noticiosa em Mobile.

Confira lista completa dos ganhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *