20.5 C
Nova Iorque
segunda-feira, maio 27, 2024

Buy now

Suzana Singer inicia um quarto mandato de ombudsman da Folha de S.Paulo

Suzana Singer deu início em 25/4 ao seu quarto mandato como ombudsman da Folha de S.Paulo. Nenhum dos nove antecessores na função passou de três mandatos, casos de Renata Lo Prete (1998-2001), Bernardo Ajzenberg (2001-2004), Marcelo Beraba (2004 a 2007) e Mario Vitor Santos (1991-1993 e 1996-1997). Cumpriram dois mandatos Caio Túlio Costa (1989-1991), Marcelo Leite (1994-1996) e Carlos Eduardo Lins da Silva (2000-2010); e apenas um mandato Junia Nogueira de Sá (1993-1994) e Mário Magalhães (2007-2008). No texto com que abriu esse seu novo mandato, sob o título Queridos, encolhi o jornal, Suzana comenta as mudanças no concorrente Estadão e o slogan “A maior menor mudança” que o jornal já teve, destacando ser ele “tão constrangedor quanto a campanha na tevê”. E avança: “Nem Don Draper, o sexy gênio criativo de Mad Men, teria se saído bem diante da missão de convencer o leitor de que ele está recebendo menos jornal, pelo mesmo preço, mas que isso é uma vantagem”. E cutuca também a própria Folha: “A diminuição do espaço editorial não é, porém, prerrogativa do Estadão. A Folha vem emagrecendo ao longo dos anos, só que de modo mais suave e preservando a divisão de cadernos. No anúncio da última grande reforma gráfica, em 2010, já se falava em ‘textos sintéticos e analíticos em pouco espaço’”. Em entrevista ao jornal ela diz ver com bons olhos o novo mandato, pois “permite consolidar o trabalho e identificar vários pontos que precisam ainda ser abordados”, mas defende a rotatividade da função por considerar importante a renovação para o arejamento de ideias.

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,800InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese