Record TV define nova estrutura para seu Jornalismo

Emissora também estaria estudando lançamento de outro canal de notícias

Antonio Guerreiro, novo VP de Jornalismo da Record TV, definiu e anunciou aos principais executivos da emissora as mudanças na estrutura organizacional da área que entrarão em vigor na próxima segunda-feira (11/2).

Segundo o comunicado, Aline Sordili assumirá a Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento em Jornalismo, que passa a responder pelas atribuições da atual Diretoria de Gestão em Jornalismo, que será extinta. Thiago Contreira seguirá à frente da Diretoria de Conteúdo em Jornalismo, responsável por linha editorial, pauta, abordagem, edição de programas, telejornais e reportagens. Clóvis Rabelo passará a responder pela Diretoria de Produção, cuidar da audiência e estratégia de breaks, além de dar suporte aos chefes de Redação na produção jornalística diária. A Diretoria de Criação em Jornalismo (novo setor, cujo titular será anunciado na próxima semana), ficará focada em desenvolver novas atrações, quadros, formatos e experiências de consumo de conteúdo.

Thiago Feitosa assumirá a Chefia de Redação de Praças, sendo responsável por promover e fortalecer o conteúdo local das emissoras que compõem a rede. Cláudia Marques vai comandar a Coordenação de Pauta, ligada diretamente à Diretoria de Conteúdo em Jornalismo. Roberto Munhoz passará a ser o chefe de Redação das manhãs na Record TV, tendo sob seu comando o Balanço Geral Manhã, o SP no Ar e o Fala Brasil. Aline Dallago será a nova editora-chefe do Fala Brasil.  No Domingo Show, Rafael Boucinha assumirá a direção-geral e João Scortecci também integrará a equipe. André Caramante assumirá a Chefia de Redação do Núcleo de Jornalismo Investigativo, que será expandido.  No Portal R7, Domingos Fraga será o novo chefe de Redação. (Com informações de Flávio Ricco)

Segundo Daniel Castro, em seu Notícias da TV, a emissora também estuda lançar até 2020 um outro canal de notícias, que pode vir a substituir a Record News ou ser um projeto totalmente novo, concorrendo com a própria RN. Seria uma plataforma de TV por assinatura e internet com noticiário 24 horas, usando estrutura própria e da Record. O projeto corre em sigilo dentro da emissora. Diz Daniel que é a reação da Record ao lançamento da CNN Brasil, que está sendo montada pelo ex-vice-presidente de Jornalismo da emissora, Douglas Tavolaro. Enquanto o novo canal não sai do papel, a Record News receberá algum investimento. A emissora deverá ampliar o espaço dos noticiários, com novas edições do telejornal Hora News e ter links exclusivos em grandes coberturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *