Record anuncia cinco edições diárias do Jornal da Record

Em coletiva realizada em sua sede comercial nesta quinta-feira (5/9), a Record TV anunciou uma reformulação em sua programação, incluindo quatro novas edições do Jornal da Record e um novo cenário para o telejornal, com direito a grande interatividade com os telespectadores por meio das redes sociais. Com isso, transmitirá diariamente 14 horas de conteúdo ao vivo. Além disso, o portal R7 e a plataforma PlayPlus receberão conteúdo inédito e diferente do que é veiculado na TV.

Estavam presentes no evento o vice-diretor de Jornalismo Antonio Guerreiro, o vice-diretor comercial Walter Zagari, os apresentadores do Jornal da Record Celso Freitas e Adriana Araújo, e os novos apresentadores dos boletins diários Janine Borba (que apresentava o Domingo Espetacular) e Sérgio Aguiar (que estreou recentemente na Record com a série especial A floresta protegida).

As novas edições irão ao ar na segunda-feira (9/9). Serão boletins curtos ao longo do dia, priorizando a interação com os telespectadores pelas redes sociais. O primeiro será de manhã, depois mais dois à tarde e o último, da meia-noite até 0h45, apresentado por Sérgio Aguiar. Para evitar repetições e monotonia, os boletins não conterão matérias pré-produzidas, mas sim conteúdo ao vivo, com repórteres e correspondentes internacionais.

Dentre as várias novidades e mudanças apresentadas no evento, destaca-se a grande interação entre os jornalistas e os telespectadores, que será utilizada nos boletins. Além disso, segundo o vice-diretor de Jornalismo Antonio Guerreiro, houve um investimento em jornalismo de dados, trazendo para a equipe cientistas de dados que trabalharão com a interatividade com o público, analisando como o conteúdo veiculado chega aos telespectadores e vice-versa, além da instalação de um cenário vertical, adaptando os jornais ao modelo de mídia muito utilizado na internet, no sentido vertical.

Adriana Araújo reiterou a importância dessa interação com os telespectadores para o jornalismo como um todo: “O telespectador não quer só receber a informação. Ele quer fazer parte dela. E as tecnologias hoje permitem isso. Muitas vezes um telespectador pode chegar perto de um fato, de coisas que estão acontecendo, antes de uma equipe de televisão. E essa informação que ele tem, desde que seja checada e apurada, tem que ir ao ar de forma valorizada. E é isso que devemos buscar. É cada vez mais produzir um Jornal da Record para os telespectadores, mas queremos que eles nos ajudem a produzi-lo, contribuindo conosco, com sugestões de pautas, críticas para nos ajudar a melhorar”. Adriana citou também um jornalismo mais “conversado”: “O jornalismo deve ser visto como uma conversa. Não sou só eu que digo o que é notícia, mas o telespectador também, e juntos podemos debater e conversar sobre essa notícia. Eu sou adepta desse jornalismo, mais informal, sem TPs, mais conversado e mais humanizado”.

O novo formato da Record vai ao ar na segunda-feira dia 9/9, durante o Jornal da Record, às 21h30, e o primeiro boletim diário será à 0h30, com apresentação de Sérgio Aguiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *