Profissionais têm números vazados e sofrem ataques após caso Robinho

Rodrigo Capelo, especialista em negócios do esporte; Carlos Cereto, apresentador do Tá na Área, e a comentarista Ana Thaís Matos, ambos do SporTV, além de Marília Ruiz, blogueira do UOL e comentarista da Band, tiveram seus números de telefone vazados e sofreram ameaças após comentarem o caso do jogador Robinho, condenado por estupro na Itália

Segundo apurou o UOL Esporte, Ana Thaís recebeu mensagens e ligações que ameaçavam sua integridade física. Ele foi obrigada a desativar sua conta no WhatsApp.

No Twitter, Capelo escreveu que bloqueou cerca de 600 números que tentaram direcionar ofensas pessoais a ele. As ameaças ocorreram após a publicação de uma reportagem no SporTV sobre a opinião dos patrocinadores do Santos em relação à contratação de Robinho.

Cereto também sofreu ameaças pessoais em seu WhatsApp. Durante o Tá na Área, ele criticou a contratação do jogador. E Marília Ruiz disse ter recebido mais de 60 ameaças de morte por ter se posicionado contra a transação. Ela registrou boletim de ocorrência e declarou que “o medo não pode nos paralisar. Denuncie”.

A Globo está dando suporte jurídico e de segurança pessoal para os envolvidos. O caso já está na Polícia especializada em crimes virtuais para investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *