5.3 C
Nova Iorque
domingo, fevereiro 28, 2021

Buy now

O Globo reformula e amplia sua equipe de colunistas

Por Cristina Vaz de Carvalho, editora de J&Cia no Rio de Janeiro

Nessa segunda-feira (1/2), O Globo estreou novo painel de colunistas, movimentando os nomes tradicionais e acrescentado alguns. Segue a tendência, presente no mundo, de que os impressos, principalmente os diários, sejam veículos de opinião e interpretação dos fatos. As hot news estão na web, com múltiplas fontes, para onde, um dia, vão migrar todas as notícias.

Um dos objetivos do Globo, com essa mudança, é expandir sua base de assinantes – o que chama de nacionalização da marca –, por saber que 66% da audiência do site vêm de fora do Rio de Janeiro. São Paulo sozinho responde por 27%, enquanto cresce a participação de estados como Minas Gerais e Paraná. Entre as novas assinaturas digitais, em 2020, 54% vieram de outros estados. Para tanto, o jornal investe em diversidade, amplia o espaço ocupado por mulheres, negros e jovens, e procura assim dialogar com seu público espalhado pelo País.

Desta forma, a versão impressa passa por uma reorganização. Na ordem em que as editorias aparecem no jornal, temos a coluna de opinião na página 2, que continua com Merval Pereira, às terças, quintas e domingos; e o revezamento de Fernando Gabeira, Vera Magalhães e Carlos Alberto Sardenberg nos outros dias.

A página 3, toda de opinião, tem os novos Malu Gaspar;os publicitários Washington Olivetto e Marcelo Serpa; Pablo Ortellado, filósofo; Irapuã Santana, advogado com experiência na mídia; Edu Lyra, empreendedor social. E mantém Roberto DaMatta, Miguel de Almeida, Demétrio Magnoli, Eduardo Affonso, Carlos Andreazza, Zuenir Ventura, Bernardo Mello Franco, Elio Gaspari, Pedro Doria, Flávia Oliveira, Eurípedes Alcântara e Dorrit Harazim.

Em País, permanecem Lauro Jardim, aos domingos no impresso e durante a semana no site; Ascânio Seleme e Fernando Henrique Cardoso. Em Sociedade, Antônio Gois, como convém em tempos de pandemia, acompanhado pelos cientistas Margareth Dalcolmo, Roberto Lent e Natalia Pasternak.

Na Rio, a coluna de Ancelmo Gois ganha versão impressa especial aos sábados, com novas seções. Nos outros dias, em regime de 24/7, está no site.

Na Economia, Míriam Leitão passa também às terças, quintas e domingos. Nos demais dias da semana, alternam-se a economista Zeina Latif, o pesquisador Carlos Góes, o professor Cláudio Ferraz, a especialista no setor público Vilma Pinto, Fabio Giambiagi e Rogério Furquim Werneck.

Em Mundo, Esportes e Revista Ela, não houve acréscimos. Continuam Guga Chacra e Marcelo Ninio em Mundo; Carlos Eduardo Mansur, André Kouri, Martín Fernandez e Marcelo Barreto nos Esportes; e Martha Medeiros, Bruno Astuto e a ativista Luana Génot no Ela.

O segundo caderno recebe Luís Fernando Veríssimo, Nelson Motta e Cacá Diegues, que antes escreviam em Opinião. E mantém Patrícia Kogut diariamente, Arthur Xexéo, Cora Rónai, Joaquim Ferreira dos Santos, Ruth de Aquino, Leo Aversa, Martha Batalha, Ana Paula Lisboa e José Eduardo Agualusa.

Related Articles

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
21,596FãsCurtir
2,652SeguidoresSeguir
17,200InscritosInscrever

Últimas notícias