Massey Ferguson divulga finalistas do seu 17º Prêmio de Jornalismo

O 17º Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo divulgou os trabalhos finalistas inscritos nas suas sete categorias: Jornal, Revista, Multimídia, TV, Fotojornalismo, Estudante e Américas do Sul, Central e Caribe. Eles foram definidos pela Comissão Julgadora, que esteve reunida em 10/8, em São Paulo. O evento de premiação será em Canoas (RS), dia 29/8, quando serão revelados os vencedores de cada categoria.

O primeiro colocado das categorias Jornal, Revista, Multimídia, TV e Fotojornalismo receberá R$ 15 mil, o segundo será premiado com um tablet e o terceiro, com um smartphone. O vencedor da categoria Estudante levará R$ 7 mil, enquanto na categoria Américas do Sul, Central e Caribe o vencedor será contemplado com uma viagem com acompanhante para Porto de Galinhas (PE).

Confira os finalistas do Prêmio:

Américas do Sul, Central e Caribe: Catherine Morris, do St Lucia Star Newspapper/Caribe, com a reportagem An Agricultural Revolution; Dardo Esteban Fuentes, do Clarín/Argentina, com Argentina, un mercado atractivo para la maquinaria agrícola; Lilian Gregorina Tejeda, do Listín Diário/Republica Dominicana, com Tecnología entre las prioridades del Banco Agrícola.

Estudante: Janaina Rauber e equipe (Amanda Caselli, Isis Gonzaga e Júlia Bueno), da PUC/RS, com o trabalho Impactos da Tecnologia na Produtividade Agrícola; Jeziel Henrique Araujo, da Unarep-Ribeirão Preto/SP, com Agricultura digital: a fazenda na palma da mão; Juliane Cristina Bee e equipe (Andrey Evangelista e Pâmila Capelli), da Unochapecó/SC, com Ouro Branco: como a produção de leite transformou a vida de mulheres no Oeste Catarinense.

Fotografia: Eumano Silva e Gilberto Alves, do Metrópoles/DF, com Levante dos ribeirinhos: posseiros rebelam-se contra fazendeiros na Bahia; Ricardo Medeiros, do Notícia Agora/ES, com Dia de comer galinha; Sérgio Reghin Ranalli, da Folha de Londrina/PR, com Apesar da safra menor, renda do campo deve bater recorde.

Jornal: Gustavo Porto, de O Estado de S. Paulo/SP, com Uma semana na BR-163 – Lama, buraco, fila e cansaço na estrada da soja; Joana Colussi, de Zero Hora/RS, com Conhecimento travado pela crise; Patrik Camporez, de O Globo/DF, com Áreas rurais vivem clima de medo com onda de violência.

Multimídia: Ana Paula Omena, da Tribuna Hoje/AL, com A grande chance: assentados da reforma agrária se preparam para entrar na Universidade; Luiz Cláudio Ferreira e Gustavo Gomes, EBC/DF, com Entre bombas, peixes, verdes e cidadania; Rammon Monte e Vinícius Miron, do Portal Correio/PB, com O poder do Couro.

Revista: Denise Sauressig, de A Granja/RS, com Potencial para produzir mais; Elaine Silva, José Alberto Gonçalves Pereira e Marcelo Curia, do Globo Rural/SP, com A nova economia da floresta; Nicholas Vital, do Plant Project/SP, com O futuro da comida.

TV: Alessandra Bergmann, do SBT/RS, com dois trabalhos: Cresce o número de mulheres à frente de propriedades rurais no país e Noz-pecã, a fruta do bem; Hellen Santos, do programa Globo Rural/TV Globo/SP, com Ilha das Cinzas: tecnologias ambientais na Foz do Rio Amazonas – Produção: João Vito Cinquepalmi; Imagens: Thiago Capelle; Som externo: Anderson Nwabasili; Edição de imagens: Olympio Giuzio; Arte: Fabíola Marzabal; Edição e reportagem: Hellen Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *