Lockdown, a palavra do ano do Collins Dictionary

Sai a primeira escolha da palavra do ano. A vencedora de 2020 é… lockdown!

Já é tradição: em novembro, as equipes dos principais dicionários do mundo escolhem a palavra do ano (ou WOTY, de #WordOfTheYear). Um dos que saem na frente desde 2013 é o Collins Dictionary, que já anunciou a sua: lockdown.

Trata-se, segundo a equipe do Collins, da palavra que melhor define 2020: “Resume bem a experiência vivida por bilhões de pessoas que tiveram sua rotina diária restringida por causa do vírus”. A equipe afirma que não há motivo para celebração, principalmente porque a palavra continua sendo muito usada nos países que enfrentam a segunda onda da doença.

Este ano, das dez palavras finalistas, pela primeira vez seis fazem alusão a um só tema: a Covid-19.Cada palavra do ano escolhida marca o espírito do período.

Lockdown vem suceder a Climate Strike, escolhida em 2019 pelo Collins Dicitionary, que fazia alusão às manifestações para chamar atenção para as mudanças climáticas, principalmente as de estudantes liderados por Greta Thunberg.

A prática de escolher a palavra do ano foi iniciada em 1971 pela Associação da Língua Alemã. A escolha do britânico Collins Dictionary é uma das principais do mundo, e destaca-se em língua inglesa juntamente com as dos americanos Merriam-Webster e American Dialect Society e a do britânico Oxford Dictionary.

Outros países também têm o costume de escolher a palavra do ano, entre eles Dinamarca, Japão, Noruega, Rússia, Ucrânia, Austrália, Áustria e Suíça. Em Portugal, a Porto Editora, que oferece dicionários online, adotou a prática a partir de 2009. No ano passado, a palavra do ano foi Violência Doméstica.

No Brasil, não há escolha feita por lexicólogos. Conheça as 10 finalistas da palavra do ano do Collins Dictionary em mediatalks.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *