Abraji repudia exposição de dados de integrante do Coletivo Niara

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) repudiou a exposição de dados de Andressa Vieira, integrante do Coletivo Niara, que faz parte do projeto de checagem de fatos Comprova. Ela teve seus nome e número de telefone divulgados pela advogada Flávia Ferronato.

Utilizando a conta do Coletivo Niara no Twitter, Andressa abordou Flávia em 10/11 para questioná-la sobre um texto em que a advogava fazia afirmações enganosas sobre o Instituto Butantan e o Governo de São Paulo. A advogada bloqueou o perfil do coletivo.

Andressa buscou o telefone de Flávia no site da OAB e entrou em contato com a advogada. Por telefone, Flávia disse que só responderia por WhatsApp e exigiu que Andressa informasse seu RG para continuar a conversa, algo que foi desaconselhado pela Abraji. Em 14/11, a advogada expôs prints da conversa com Andressa e divulgou o número dela em um vídeo no YouTube, que foi derrubado pouco tempo depois.

Anteriormente, em 13/11, o blog Rota 2014 já havia revelado o celular de Andressa. No mesmo dia, o Jornal da Cidade Online publicou uma foto da estudante, acompanhada de uma matéria que classifica o projeto Comprova como “partidário”. Desde o ocorrido, o Coletivo Niara e Andressa vêm sofrendo ataques.

Em nota, a Abraji escreveu que, “além de ser uma clara forma de intimidação, vazamentos do tipo podem incitar ataques coordenados de seguidores e militantes aos profissionais de imprensa vítimas da exposição. (…) Doxing coloca em risco a integridade física de repórteres e é uma forma de constrangimento à liberdade de imprensa. Como advogada, Ferronato lançou mão de um expediente perigoso, para intimidar alguém que estava tão somente fazendo seu trabalho. Como se isso não bastasse, discursos estigmatizantes propagados por veículos como o Jornal da Cidade Online tentam desacreditar o trabalho das agências de checagem, fundamental para a democracia, sobretudo durante a maior crise sanitária da história”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *