A LLYC divulgou na última semana seus resultados globais em 2020. Eles indicam que os ingressos totais alcançaram 44,3 milhões de euros (40,2 milhões de euros no critério de honorários), com um EBITDA recorrente de 8,5 milhões de euros. O impacto das taxas de câmbio em operações como Brasil, México e Argentina levou as cifras de faturamento a um patamar ligeiramente abaixo do de 2019, quando a firma obteve os melhores resultados de sua 

Sem o efeito da desvalorização das moedas latino-americanas e a taxas de câmbio constantes, a LLYC manteve seu volume de negócios e superou o exercício com um fortalecimento de sua liquidez. A consultora resistiu aos efeitos da crise sem se endividar e sem adotar medidas de ajuste laboral. A firma segue avançando nos compromissos de seu atual Plano Estratégico, que inclui um ambicioso objetivo de crescimento e foco constante nas necessidades de seus clientes. 

Nesse sentido, o sócio-fundador e presidente José Antonio Llorente sinalizou que “o entorno atual é complexo e supõe, sem dúvida, um período difícil, que significa desafios enormes, mas na LLYC olhamos para a frente com vontade de seguir crescendo, investindo em nossa empresa e em nossos profissionais para oferecer o que nossos clientes necessitam e esperam de nós. Felizmente, pudemos manter boas cifras de atividade e proteger a nossa equipe de profissionais, aos quais quero agradecer e reconhecer o esforço enorme que realizaram durante os últimos meses, demostrando uma grande capacidade de trabalho, criatividade, agilidade e espírito coletivo”.

Atualmente a LLYC conta com escritórios próprios na Europa (Espanha, Portugal), América Latina (Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, México, Panamá, Peru, República Dominicana) e Estados Unidos (Miami e os Latam Desk de Nova York e Washington). Em 2020, as operações da LLYC na América contribuíram com 52% dos ingressos da empresa e as da Europa, com 48%. Destacam-se os crescimentos de Portugal (9%), Colômbia (8%) e Argentina (20%).

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments