Leandro Modé e Raquel Landim deixam o Estadão

Leandro Modé despediu-se no início desta semana do Grupo Estado e das redações, para uma nova experiência profissional, no segmento da comunicação corporativa. Convidado pelo sócio-diretor Tom Camargo, ele está a caminho da FSB, onde se integrará nos próximos dias ao núcleo dirigido por Marcelo Aguiar. Especializado em finanças e macroeconomia, Leandro conquistou em 2011, ao lado de David Friedlander, Sonia Racy e Fausto Macedo, o Esso de Informação Econômica, com o caso do Banco Panamericano. Ultimamente, além de repórter do impresso, dividia com Roberto Godoy a apresentação do jornal do meio dia da Rádio Estadão (um dos maiores destaques da emissora, desde que foi criado meses atrás), e também atuava em vídeos para a tevê e nos eventos do jornal. Estava havia sete anos no Grupo Estado, em sua segunda passagem por lá – a primeira foi em meados de 1997, logo após ter-se formado no Curso de Focas, quando permaneceu na casa por três anos e meio. De lá passou por UOL, Forbes Brasil, TV Bloomberg e revista Foco Economia e Negócios. Quem também deixou o jornal, mas a caminho da Folha de S.Paulo, onde começa em junho como repórter especial, é Raquel Landim, que estava havia quatro anos na reportagem da editoria de Economia. Antes, foi por nove anos do Valor Econômico, onde participou da equipe fundadora. Na Folha, segundo a nova estruturação do jornal, Raquel terá duplo comando: responderá a Vinícius Motta, secretário de Redação e chefe dos repórteres especiais, e a Ana Estela de Sousa Pinto, editora de Mercado, onde ficará alocada. Outro que saiu do jornal foi Fabio Lemos Lopes, que havia dois anos era editor no portal do Estadão. A partir da próxima semana ele passa a integrar a equipe de Veja São Paulo.