José Fucs deixa Época

José Fucs deixou na semana passada a Editora Globo, depois de 13 anos de casa, dez dos quais em Época, onde era repórter especial. Por lá, também foi editor-chefe da Pequenas Empresas & Grandes Negócios, e antes teve passagens por Folha de S.Paulo, Estadão, Gazeta Mercantil e Exame, entre outros veículos.

Com a saída dele, é interrompida também a publicação do Blog do Fucs no site da revista. Ao Portal dos Jornalistas, ele disse que, apesar das dificuldades óbvias do momento, o desligamento de Época teve pouco ou nada a ver com o seu trabalho – “e, dentro do possível, isso é reconfortante”.

E aproveitou para fazer uma lúcida análise da situação da mídia:

“Fui mais uma vítima da profunda transformação que atinge a mídia tradicional no mundo todo, com receitas em queda e custos em alta – e, no Brasil, não é diferente. Eu já me considerava um sobrevivente e sabia que a minha hora iria chegar. Era uma questão de tempo. Acredite, se quiser, mas, aos 56 anos, eu era o mais velho profissional da equipe de Época. A mídia digital é um verdadeiro tsunami, que não sabemos ao certo aonde vai nos levar. Agora, procuro encarar esse processo com serenidade, sem rancor e sem amargura. Em vez de imaginar que é possível manter um passado insustentável, acredito que esse é um processo irreversível, que não depende das empresas. Ele nos obriga a reinventar o jornalismo tal qual o praticamos desde sempre e a nossa vida profissional. Tenho algumas ideias na cabeça, mas ainda não sei ao certo o que vou fazer daqui para a frente. Apesar da megacrise estrutural que atinge o jornalismo e a economia do País como um todo, acredito que, de um jeito ou de outro, novas janelas irão se abrir e a própria vida vai mostrar os melhores caminhos a seguir. Dependendo de como as coisas caminharem, espero retomar em breve, em novo endereço, a publicação do Blog do Fucs, que vejo como uma trincheira de defesa da liberdade econômica, política e em todos os aspectos da vida, até agora abrigado no site de Época”. O Portal dos Jornalistas apurou que Fucs saiu no bojo de uma grande reestruturação que está sendo feita na revista desde o início do ano, no sentido de integrar a redação digital com a do impresso. Agora é uma só redação, onde todos os jornalistas produzem conteúdo para todas as plataformas, em um ambiente de muita criatividade e experimentação. E os primeiros resultados já se traduzem em maior visibilidade para os profissionais, maior audiência para o site, maior relevância para a marca. Segundo fonte do Portal dos Jornalistas a, como, por sua trajetória, Fucs ainda é considerado valioso tanto para Época quanto para a Editora, sua saída foi amplamente pensada e conversada ao longo das últimas semanas até chegar a algo bom para ambas as partes: “Ele tem projetos em mente fora da revista. E, paralelamente a eles, é possível que continue colaborando com Época em reportagens e projetos especiais. Um jornalista com a experiência e com o talento dele melhora a qualidade de qualquer projeto”.