Fernando Luna

Fernando Luna

Fernando Luna é formado em Jornalismo em 1993 na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Em janeiro de 1994 começou a trabalhar na Editora Abril, em São Paulo (SP), onde ocupou as funções de repórter, subeditor, editor, editor sênior e redator chefe em revistas como Veja (SP), Elle (SP) e Capricho (SP).

Em maio de 2001 tornou-se sócio e diretor editorial da Trip Editora. Participou do lançamento da revista Tpm e de produtos como a TripTV, a Trip FM, a Casa TPM e o Prêmio Trip Transformadores, voltadas ao público contemporâneo, com propostas inovadoras, como a defesa da legalização do aborto, a descriminação das drogas, a liberdade sexual e a igualdade de direitos entre os gêneros. Participou da consolidação da editora como produtora de branded contentstorytellingcontent marketing e custom publishing, desenvolvendo estratégias de comunicação, conteúdo impresso, digital, vídeos e eventos para grandes empresas.

Conquistou o Prêmio Esso de Jornalismo, na categoria Criação Gráfica/Revista, em 2012, com Rafaela RanzaniCamila Durelli e Manuela Alcântara, pela matéria Lebmra quem tmoou toads?, e em 2014, com Rafaela Ranzani, Alex CassalhoBruna Sanches e Ian Herman, pela matéria De olhos fechados, ambas publicadas na Trip.

Deixou o cargo e a sociedade em março de 2017, tornando-se Diretor Editorial da Editora Globo. Lá, foi responsável pelo conteúdo impresso, digital e eventos das marcas Época Negócios, Marie Claire, Galileu, Casa & Jardim, Globo Rural, Auto Esporte, Crescer, Quem Acontece, Pequenas Empresas Grandes Negócios, Monet e TechTudo.

Em setembro de 2019, passou a ocupar o cargo de Diretor de Projetos Especiais, na TV Globo, reportando-se a Eduardo Schaeffer, Diretor de Negócios Integrados do Grupo Globo. Neste momento, atua no desenvolvimento de ações voltadas a grandes eventos e também apoia os grupos de transfomação da área de negócios no programa UMASÓGLOBO.

É torcedor do Clube de Regatas do Flamengo.

Atualizado em novembro/2019 – Portal dos Jornalistas
Fontes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *