Flávio Pestana deixa o Diário de S.Paulo

O diretor-executivo do Diário de S.Paulo Flávio Pestana deixou na última semana o jornal e o Grupo Traffic, em que estava há quatro anos. Conforme informou ao informativo Jornalistas&Cia vai ?espairecer, desestressar? antes de assumir qualquer outro compromisso profissional. Ele ingressou na empresa em novembro de 2007, como diretor-geral da Rede Bom Dia de jornais, depois de exercer funções semelhantes em Gazeta Mercantil, Valor Econômico e Folha de S.Paulo. Pestana (pestana@uol.com.br), que acertou sua saída com J. Hawilla, presidente da Traffic, na semana passada, diz que ela se dá por motivos exclusivamente pessoais. Vale lembrar que a empresa contratou recentemente a consultoria Galeazzi com o objetivo de analisar uma possível reestruturação de suas atividades. A Galeazzi é a consultoria chamada anos atrás pelo Estadão para profissionalizar o grupo e monitorar a saída da família da operação. Vale lembrar também que desde agosto atua no Diário de S.Paulo o consultor Eucimar de Oliveira, profissional que tem grande parte de sua trajetória vivida no Rio de Janeiro, onde, entre outras responsabilidades, comandou o lançamento do Extra e dirigiu O Dia. Carlos Alencar está interinamente como editor-chefe, desde a saída de Nelson Nunes, no início deste mês.