19.5 C
Nova Iorque
segunda-feira, maio 27, 2024

Buy now

Fernando Morais e Audálio Dantas compõem a Comissão da Verdade de São Paulo

Será instalada nesta 5ª.feira (25/9) a Comissão da Memória e da Verdade da Prefeitura de São Paulo. Durante o ato, o prefeito Fernando Haddad deverá anunciar os nomes dos cinco responsáveis pela condução dos trabalhos do grupo. Dentre eles, o do jornalista e escritor Fernando Morais, autor, entre outros,  dos livros A Ilha, Corações Sujos, Chatô – O Rei do Brasil e Olga. Ex-deputado estadual, Fernando Morais dirigiu as secretarias de Cultura e Educação durante os governos de Orestes Quércia e Luiz Antonio Fleury Filho, ambos do PMDB. Atualmente prepara um livro sobre a vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que compreende dos anos 1980 até o final de seu segundo mandato, em 2010. Outro renomado jornalista que também fará parte da Comissão é Audálio Dantas, presidente do Sindicato da categoria quando Vladimir Herzog foi assassinado, em 1975. É autor de As duas guerras de Vlado Herzog, com o qual venceu o Jabuti em 2013. O grupo é composto ainda por César Cordaro (advogado), Ferminio Fecchio (ex-ouvidor da Polícia do Estado) e Teresa Lajolo (professora e ex-vereadora). A lei de criação da comissão foi aprovada na Câmara e sancionada por Haddad em julho último. O objetivo é ajudar a esclarecer o papel desempenhado pela Prefeitura de São Paulo e agentes públicos municipais no período da ditadura. As investigações, segundo informações da assessoria da Prefeitura, deverão apurar indícios de perseguição e demissão de funcionários por motivação política, a ocultação de pessoas em cemitérios públicos municipais e a censura e repressão a educadores da rede pública municipal, entre outras frentes.

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,800InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese