15.5 C
Nova Iorque
segunda-feira, maio 20, 2024

Buy now

+Admirados Profissionais da Comunicação da Imprensa Automotiva 

“Se vira nos 30” Elaborar estratégias de comunicação; controlar orçamento de campanhas; definir lista de convidados em eventos de lançamento; pensar em melhores práticas para se relacionar com público interno, externo, governo, imprensa, etc.; brigar com agendas concorridas; analisar o mercado; treinar executivos; produzir press-releases, isso para ficar em poucos exemplos, é o que se poderia chamar de a vida estressante de um executivo de comunicação da indústria automotiva, etc.. Com um detalhe adicional: fazer tudo isso e ainda estampar um largo e generoso sorriso no rosto, sempre disposto a bem atender a todos, no pouco tempo que a concorrida agenda cede a fórceps. Mas pergunte se algum deles quer deixar essa vida… Dez entre dez dirão que não, independentemente de carga de trabalho, de pressões de todo tipo, dos egos que frequentam a atividade. E se perguntar a outros dez, que estão de fora, se querem entrar… bem, difícil ter certeza, mas é bem provável que também dez entre dez queiram esses lugares, olhando muito mais o glamour, o salário e o status do cargo do que o ônus de levar essa batida praticamente nos 365 dias do ano. Destacar-se em uma área como essa requer, além de muita competência e conhecimento, uma boa dose de jogo de cintura e muita habilidade no relacionamento com seus diversos públicos. É por isso que cada um dos Top 5, Top 10 e Top 20 +Admirados Profissionais de Comunicação da Imprensa Automotiva merece muito mais do que reconhecimento pela posição alcançada, quem sabe um busto na entrada da empresa ou – pensando melhor – um belo aumento no final do mês. Mas, atenção marmanjos, o +Admirado Profissional de Comunicação da Imprensa Automotivo é mulher!!! Portanto a +Admirada.   Top 5 1º (6.903 pontos) – Elisa Sarti (Fiat Automóveis) 1ª fase: 68 votos (1º lugar) / 2ª fase: 6.835 pontos Das diversas atribuições listadas na abertura dessa edição, a assessora da Fiat Automóveis em São Paulo Elisa Sarti faz praticamente todas, e de salto se for preciso! Muito competente no que faz e capaz de manter um excelente relacionamento com profissionais dos dois lados do balcão, inclusive concorrentes em seu mercado, Elisa é low profile, principalmente quando tem que ser notícia nas páginas deste J&Cia Auto, sempre dando um jeito de, humildemente e com muita simpatia, passar o bastão para algum outro colega de equipe. Curiosamente, decidiu não participar da escolha dos jornalistas nesta eleição, mas, por conta própria, ligou para nossa redação e explicou: “Eu tentei, mas não consigo. Tem muita gente aí que eu gosto e admiro e acho que seria injusto não citar todos eles”. Assim é Elisa, a +Admirada Profissional de Comunicação/Assessoria de Imprensa da área automotiva no Brasil.   2º (6.046) – Luiz Carlos Secco (Secco Consultoria) 1ª fase: 41 votos (4º lugar) / 2ª fase: 6.005 pontos Durante as 150 primeiras edições deste J&Cia Auto publicamos a coluna Álbum, que retratava a vida e carreira de jornalistas e assessores da área automotiva. Em todas elas, a editora Heloisa Valente fazia a seguinte pergunta: “um profissional da imprensa automotiva para homenagear o segmento?”. Em 56 delas, a resposta foi a mesma: Luiz Carlos Secco. Com 6.046 pontos, a segunda posição nessa pesquisa deixa bem claro que, mesmo após anos fora de uma grande montadora, o Seccão, como muitos o chamam, ainda goza de extrema admiração pelos profissionais do segmento.   3º (5.614) – Carlos Henrique Ferreira, Caíque (Renault) 1ª fase: 59 votos (2º lugar) / 2ª fase: 5.555 pontos Hoje diretor de Comunicação da Renault, Carlos Henrique Ferreira, o Caíque, sempre soube aliar o conhecimento técnico adquirido pela sua formação em engenharia, com a habilidade de se comunicar de maneira simples e eficaz com os diversos públicos. Não por menos, quando ainda atuava pela Fiat, foi lembrado neste mesmo J&Cia Auto por Bob Sharp, como o “único engenheiro na indústria que domina o lado técnico e ainda consegue traduzi-lo em linguagem palatável com extrema presteza (por que não dizer paciência…) e competência”. Foram essas características que o levaram em 2011 para a Renault, onde no ano seguinte assumiu o comando da área de Comunicação da fabricante, e que agora lhe garantiram a terceira posição entre os +Admirados Profissionais de Comunicação da Imprensa Automotiva.   4º (4.786) – Eduardo Pincigher (JAC Motors) 1ª fase: 31 votos (10º lugar) / 2ª fase: 4.755 pontos Quando assumiu o desafio de comandar a área de Comunicação da JAC Motors no Brasil e participar da construção de marca da recém-chegada fabricante chinesa, Eduardo Pincigher certamente não imaginava as voltas que o mercado daria nos anos que se seguiriam. Inovar-Auto, aumento no IPI para importados, alta do dólar. Situações que, se por um lado frearam alguns planos da companhia, por outro mostraram a habilidade do executivo em manter a marca em evidência nos noticiários do segmento. De personalidade e opinião fortes, mas com um jeito tranquilo e educado para atender os profissionais de imprensa, sem discriminação quanto aos veículos em que atuam, conquistou ao longo da carreira admiração e respeito, que agora lhe rendem essa quarta colocação no levantamento.   5º (4.319) – João Veloso (Nissan) 1ª fase: 34 votos (6º lugar) / 2ª fase: 4.285 pontos Seguindo os passos de Caíque Ferreira, João Veloso é mais um caso de profissional formado na Fiat, onde era responsável pelas áreas de Imprensa Produto e Institucional da Chrysler, que deixou a companhia para comandar a área de Comunicação de uma fabricante recém-instalada no País. Em setembro de 2013 ele assumiu o posto de diretor de Comunicação Corporativa da Nissan, meses antes de a marca inaugurar sua fábrica, em Rezende/RJ. Com um “jeitão” informal e ótimo relacionamento, nos eventos da marca circula entre jornalistas como se fosse mais um profissional de redação ávido por novidades.   6º (4.204) – Koichiro Matsuo (Textofinal) 1ª fase: 34 votos (6º lugar) / 2ª fase: 4.170 pontos   7º (3.603) – Marco Antônio Lage (Fiat Automóveis) 1ª fase: 53 votos (3º lugar) / 2ª fase: 3.550 pontos 8º (3.428) – Marcel Dellabarba (Honda) 1ª fase: 38 votos (5º lugar) / 2ª fase: 3.390 pontos 9º (3.411) – Juarez Francisco Santos (Volkswagen) 1ª fase: 6 votos (36º lugar) / 2ª fase: 3.405 pontos 10º (3.397) – Charles Marzanasco (Audi) 1ª fase: 27 votos (11º lugar) / 2ª fase: 3.370 pontos 11º (2.916) – Arthur Mendes (Fiat Automóveis) 1ª fase: 16 votos (15º lugar) / 2ª fase: 2.900 pontos 12º (2.672) – Célio Galvão (Ford) 1ª fase: 32 votos (9º lugar) / 2ª fase: 2.640 pontos 13º (2.649) – Rogério Franco (Citroën) 1ª fase: 34 votos (6º lugar) / 2ª fase: 2.615 pontos 14º (2.250) – Valter Oliveira (Mercedes-Benz) 1ª fase: 10 votos (25º lugar) / 2ª fase: 2.240 pontos 15º (2.196) – Ênio Campoi (Mecânica de Comunicação) 1ª fase: 11 votos (22º lugar) / 2ª fase: 2.185 pontos 16º (2.172) – Christian Marxen (Audi) 1ª fase: 12 votos (20º lugar) / 2ª fase: 2.160 pontos 17º (2.105) – Rosângela Ribeiro (Printer Press) 1ª fase: 5 votos (41º lugar) / 2ª fase: 2.100 pontos 18º (2.065) – Glauco Lucena (Chrysler) 1ª fase: 15 votos (16º lugar) / 2ª fase: 2.050 pontos 19º (2.019) – Alexandre Carvalho (Nissan) 1ª fase: 9 votos (28º lugar) / 2ª fase: 2.010 pontos 20º (1.901) – Pedro Luiz Dias (General Motors) 1ª fase: 11 votos (22º lugar) / 2ª fase: 1.890 pontos

Related Articles

22,043FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,800InscritosInscrever

Últimas notícias

pt_BRPortuguese