Correio Braziliense veicula especial sobre a Coreia do Norte

Renato Alves, repórter do Correio Braziliense, passou dez dias na Coreia do Norte.

O Correio Braziliense iniciou em 17/9 e publicou até domingo (1º/10) a série Passaporte para o segredo, sobre a Coreia do Norte, comandada por uma dinastia comunista totalitária que, hoje, com sua bomba atômica, provoca apreensão em todo o mundo. As reportagens são produzidas por Renato Alves.

Segundo o jornal, o repórter estava no país no dia 3, data do sexto e, até então, mais potente teste nuclear feito pelo regime de Kim Jong-un. E diferentemente da maioria dos poucos estrangeiros que conseguem entrar na nação asiática, ele não se infiltrou em uma das excursões organizadas por empresas parceiras, com pacotes vendidos na vizinha China. Obteve um visto especial de jornalista, conseguindo deixar a parte norte da Península Coreana com material farto e inédito no mundo ocidental. São mais de 500 fotografias e dezenas de vídeos.

O trabalho tem na equipe a diretora de Redação Ana Dubeux, os editores executivos Plácito Fernandes e Vicente Nunes, a editora de Mundo Ana Paula Macedo, os editores de internet Anderson Costolli e Humberto Rezende, fotos e vídeos de Renato Alves, revisão de textos de Ailon Pedrosa e Rubens Leal, e edição de vídeo da estagiária Jéssica Marschner, sob supervisão de Humberto Rezende. Renato também contou bastidores de sua viagem ao programa CB Poder, da TV Brasília. Confira!

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *