A Justiça do DF acatou recurso do Correio Braziliense e concedeu nesta sexta-feira (7/5) liminar suspendendo temporariamente a realização do leilão dos lotes e prédios de sua sede que havia sido marcado para segunda-feira (10/5). Anúncio publicado pela Capital Leilões, de Brasília, indicava área total de 13.500 m2, área total construída de 6.902,36 m2, com lance mínimo de R$ 154,7 milhões.

Segundo o anúncio, o imóvel foi dado em garantia em favor de Pentágono Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários. O Portal dos Jornalistas não conseguiu contato com Leonardo Moises, diretor financeiro do jornal.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments